Executar o app de demonstração

Esta página descreve como executar um teste completo usando um app de demonstração e o Google Play Console.

Etapas

Para fazer o download do SDK, executar o app de demonstração, verificar se o app está funcionando corretamente e visualizar as informações de tempo para a renderização do frame do app no Google Play Console, faça o seguinte:

  1. Faça o download do arquivo ZIP do SDK e descompacte-o.
  2. Crie e execute o app de demonstração.
  3. Execute o app de monitoramento
  4. Crie um build de lançamento.
  5. Execute o build de lançamento.
  6. Veja os gráficos no Google Play Console.

Criar e executar o app de demonstração

Execute o app de demonstração APT Insights no Android Studio para garantir que tudo tenha sido criado corretamente. Esse projeto usa o CMake para criar código nativo e mostra como usar o arquivo gamesdk.cmake, que é a forma mais fácil de começar.

Para executar o app de demonstração, faça o seguinte:

  1. Extraia o conteúdo do arquivo ZIP para uma pasta.
  2. Abra o Android Studio.
  3. Clique em File > Open e selecione gamesdk/samples/tuningfork/insightsdemo/build.gradle.
  4. Aguarde o Android Studio sincronizar o projeto.
  5. Conecte um dispositivo (ou crie um dispositivo virtual) para executar a amostra. Ative as opções do desenvolvedor e a depuração USB no dispositivo.
  6. Selecione o dispositivo de destino e clique em Run Botão "Run" do Android Studio. Para ver mais informações, consulte Criar e executar seu app.

    Figura 1. App de teste em execução
  7. A amostra do APK será criada e instalada no dispositivo de destino. Caso você encontre erros, verifique o seguinte:

    • Se você tem uma versão compatível do SDK do Android. Consulte o campo compileSdkVersion no arquivo build.gradle do módulo do app para saber mais. Se é possível atualizar a versão do SDK na guia SDK Platforms do SDK Manager.
    • Se você tem uma versão compatível do Android NDK. Consulte o campo ndkVersion no arquivo build.gradle do módulo do app para saber mais. Se é possível instalar uma versão específica do NDK na guia SDK Tools do SDK Manager.
    • O arquivo local.properties no projeto não tem uma entrada para ndk.dir. Esse local é especificado pelo Android Studio e usa a versão do NDK acima. Caso você tenha essa entrada, limpe a linha inteira.
    • Depois de qualquer mudança na configuração de compilação, limpe o projeto (Build > Clean Project) e atualize os projetos C++ vinculados (Build > Refresh Linked C++ Projects).

Executar o app de monitoramento

Com um build de depuração do app de demonstração ou qualquer outro app habilitado para Tuning Fork, é possível configurar o app para enviar e receber dados de um endpoint local em vez de usar o servidor do Google Play. Para isso, defina o endpoint_uri_override nas configurações do Tuning Fork:

#ifndef NDEBUG
   settings.endpoint_uri_override = "http://localhost:9000";
#endif

Você também precisa incluir as seguintes permissões no arquivo AndroidManifest.xml:

<uses-permission android:name="android.permission.INTERNET" />
<uses-permission android:name="android.permission.ACCESS_NETWORK_STATE" />

O app de demonstração já inclui essas mudanças (consulte insightsdemo.cpp).

Use esse recurso para verificar se o app está enviando e recebendo os dados adequados. Para fazer isso, execute o app de demonstração e o app Tuning Fork Monitor ao mesmo tempo. Esse app de monitoramento funciona como um servidor local e exibe os dados gerados por um app habilitado para Tuning Fork.

Para executar o app de monitoramento e o de demonstração ao mesmo tempo, a fim de verificar se o app de demonstração está funcionando corretamente, faça o seguinte:

  1. Instale o APK do app Tune Fork Monitor no dispositivo de destino usando adb:
    adb install gamesdk/gamesdk/apks/tools/TuningForkMonitor.apk
    
  2. Abra o app de monitoramento.
  3. Pressione o botão home do Android para enviar o app Tuning Fork Monitor ao segundo plano no dispositivo.
  4. Execute o app de demonstração novamente em primeiro plano por cerca de 30 segundos.
  5. Volte para o app Tuning Fork Monitor.
  6. O app de demonstração aparece em Aplicativos ativos como com.tuningfork.insightsdemo 16. Toque nessa entrada para ver os detalhes do app e a telemetria em tempo real.
Figura 2. O app de monitoramento detecta o app de demonstração
Figura 3. O app de monitoramento exibe dados do app de demonstração

Criar um build de lançamento

Crie um build de lançamento do app de demonstração no Android Studio. Para ativar os gráficos de tempo para a renderização do frame no Android vitals, faça upload desse build no Google Play Console.

  1. Ative a API Android Performance Parameters no Console do Google Cloud. Essa API permite que o app se comunique com o Google Play. Para o app de demonstração, escolha uma das seguintes formas de ativar essa API:

    1. (Recomendado) Use o assistente para criar um projeto do Console do Google Cloud e ativar a API em uma única etapa. É necessário fazer login na sua conta de desenvolvedor do Google para ativar essa opção. Copie a chave de API na etapa final do assistente. Caso não tenha feito isso, você pode encontrar essa etapa novamente no Console do Google Cloud.

      ASSISTENTE DE API

    2. Ative a API no Console do Google Cloud (consulte as instruções do console). Não é necessário restringir a chave de API ao app de demonstração.

  2. Copie sua chave de API da etapa anterior no campo api_key em gamesdk/samples/tuningfork/insightsdemo/app/src/main/assets/tuningfork/tuningfork_settings.txt.

  3. O ID do aplicativo do app de demonstração é reservado. Por isso, não é possível fazer upload de um APK que usa esse ID. Altere o ID no arquivo build.gradle do app:

    applicationId "com.tuningfork.your-unique-identifier"
    
  4. Limpe o projeto (Build > Clean Project) e atualize os projetos C++ vinculados (Build > Refresh Linked C++ Projects).

  5. Crie uma configuração de assinatura para builds de lançamento.

    1. Selecione File > Project Structure > Modules.
    2. Selecione a guia Signing Configs.
    3. Adicione uma nova configuração chamada release.
    4. Crie um keystore para a configuração.
  6. Associe a configuração de assinatura de lançamento à variante do build de lançamento.

    1. Selecione File > Project Structure > Build Variants.
    2. Selecione a guia Build Types.
    3. Selecione o tipo de build chamado release.
    4. Na caixa Signing Config, selecione a variável de configuração de lançamento.
  7. Na janela do projeto do Android Studio, selecione o diretório app. Isso habilita a seleção do menu na próxima etapa.

  8. Mude a variante de compilação ativa para release (Build > Select Build Variant).

  9. Selecione Build > Build Bundles(s)/APK(s) > Build APK(s). Quando o build for concluído, clique no link locate para encontrar o APK de lançamento.

  10. Crie um novo aplicativo para o app de demonstração no Google Play Console. Para ver mais informações, consulte Fazer upload de um app.

  11. Faça upload do APK de lançamento na faixa de teste interno. Para ver mais informações, consulte Preparar e lançar versões.

Executar o build de lançamento

Selecione o dispositivo de destino e clique em Run Botão &quot;Run&quot; do Android Studio. Use o mesmo APK de lançamento enviado para o Google Play Console.

Deixe o app de demonstração em execução por um tempo. Pode levar até 30 minutos para o Google Play Console começar a exibir dados. Verifique se os dados estão sendo enviados ao servidor selecionando o nível de registro Info na janela Logcat. Caso você encontre erros no registro, consulte Resolver erros comuns.

... I/TuningFork:Web: Connecting to:
    https://performanceparameters.googleapis.com/v1/applications/com.tuningfork.yourapp/apks/24:uploadTelemetry
... I/TuningFork: Scene loading 30 (true) took 166 ms
... I/TuningFork:Web: Response code: 200
... I/TuningFork:Web: Response message: OK
... I/TuningFork.GE: UPLOAD request returned 200 {}

Ver os gráficos no Google Play Console

Abra o Google Play Console e selecione o app de teste. Selecione Android vitals > Desempenho > Insights para ver o gráfico de tempo para a renderização do frame.

Figura 4. Gráfico do Android vitals

Você concluiu a execução de um teste completo com a biblioteca Tuning Fork. Você pode excluir o projeto do app de teste no Google Play Console, já que ele não é mais necessário.