O Google Play Games está na versão Beta aberta.

Configurar gráficos para o Google Play Games

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

Além dos requisitos no Guia de compatibilidade com PC, o Google Play Games exige que você atualize os recursos gráficos do jogo e adicione suporte para telas grandes. Este tópico descreve os requisitos e recomendações relacionadas.

Compactação de textura

Como o Google Play Games vai transmitir texturas compactadas sempre que possível, use DXTC ou BPTC para aproveitar o hardware do PC. Às vezes, essas texturas precisam ser descompactadas se os recursos do OpenGL precisarem ser emulados por motivos de compatibilidade. Por isso, é sempre recomendável criar perfis para seus jogos.

Formatos como ETC1 e ETC2 são descompactados pela camada de conversão do OpenGL antes de serem enviados à pilha de gráficos nativos. Eles vão continuar funcionando, mas não terão os mesmos benefícios de eficiência de memória ou tempo de execução que são esperados em hardwares de dispositivos móveis.

Versão do OpenGL ES

O Google Play Games tem suporte ao OpenGL ES 3.0. Para manter o suporte ao Google Play Games, não especifique uma versão mais recente que OpenGL ES 3.0 no arquivo AndroidManifest.xml.

Aumentar os limites máximos de frame rate

Alguns jogadores vão poder executar o jogo com um frame rate muito maior no PC do que em dispositivos móveis. Para oferecer aos jogadores a melhor experiência, recomendamos que o limite seja de pelo menos 60 qps ou que seja removido.

Otimização para telas grandes

As otimizações de tela grande abaixo são exigidas pelo Google Play Games:

Recursos e texturas de alta resolução

No PC, você pode esperar um nível de desempenho equivalente ao de um dispositivo Android de última geração lançado nos últimos 12 meses. Isso significa que você pode confiar nos seus recursos de jogos de resolução mais alta. Quando possível, disponibilize esses recursos na primeira inicialização. Lembre-se de que é mais provável que os jogadores percebam texturas e modelos com resolução mais baixa em uma tela de PC grande do que um smartphone.

Se você estiver usando arquivos OBB de blob binário opaco, também conhecidos como arquivos de expansão de APK, a fim de enviar recursos, adicionar mais recursos em alta resolução pode fazer com que o tamanho total ultrapasse o limite do OBB de 2 GB para o arquivo principal e mais 2 GB para patches. Nesse caso, use o Play Asset Delivery para enviar os recursos.

O Play Asset Delivery tem suporte no Unity 5.6 e versões mais recentes com o plug-in do Unity para Google Play e no Unreal Engine 4.25 (link em inglês). Para outros mecanismos, fornecemos SDKs Java e nativos.

Com o Play Asset Delivery, você pode fornecer automaticamente as texturas com o melhor formato de compactação com suporte a um dispositivo, sem aumentar o tamanho do jogo. Também é possível destinar o jogo a dispositivos com base no nível de desempenho deles e enviar texturas com resoluções maiores ou menores automaticamente.

Escalonamento de IU

Em telas grandes, a IU do jogo pode precisar ser ajustada para que todos os elementos sejam exibidos no tamanho adequado. Recomendamos que os HUDs não ocupem mais que 20% da tela.

Proporções

O Google Play Games exige suporte para a proporção de 16:9. Para uma experiência ideal do jogador, recomendamos que os jogos também ofereçam suporte para 16:10 e 3:2.

Exibição dinâmica

O Google Play Games exige as mudanças abaixo no dimensionamento dinâmico da tela:

  • Especifique as orientações no manifesto do Android com android:screenOrientation, a menos que as duas ofereçam suporte.
  • Especifique as proporções mínima e máxima com android:minAspectRatio e android:maxAspectRatio, a menos que o jogo ofereça suporte a todas as proporções 16:9, 16:10 e 3:2.

Recomendamos que você ofereça suporte a mudanças de DPI em onConfigurationChanged() e declare a "densidade" como uma mudança possível usando android:configChanges no manifesto do Android.