Skip to content

Most visited

Recently visited

navigation

Criar e gerenciar dispositivos virtuais

Uma definição de um Android Virtual Device (AVD) permite que você defina as características de um celular ou tablet Android ou de um dispositivo Android Wear ou Android TV que queira simular no Android Emulator. Com o AVD Manager, você pode criar e gerenciar AVDs com facilidade.

Para testar seu aplicativo de forma eficaz, crie um AVD que apresente um modelo de cada tipo de dispositivo que seu aplicativo seja projetado para suportar. Por exemplo, recomendamos a criação de um AVD para cada nível de API igual e superior ao valor especificado para minSdkVersion. Ao testar com níveis de API superiores aos necessários para seu aplicativo, você garante compatibilidade com versões futuras para quando os clientes fizerem o download de atualizações.

Sobre AVDs

Um AVD contém um perfil de hardware, uma imagem de sistema, uma área de armazenamento, uma aparência e outras propriedades.

O perfil de hardware define as características de fábrica de um dispositivo. O AVD Manager é pré-carregado com alguns perfis de hardware, como celulares Nexus, e você pode definir e importar outros perfis de hardware conforme a necessidade. É possível substituir algumas dessas configurações no seu AVD, se necessário.

O AVD Manager ajuda você a escolher uma imagem de sistema para seu AVD oferecendo recomendações. Ele também permite o download de imagens de sistema, algumas com bibliotecas de complementos, como as APIs do Google, que seu aplicativo possa precisar. Observe que imagens de sistema x86 são executadas com mais rapidez no emulador.

O AVD tem uma área de armazenamento dedicada no seu computador de desenvolvimento. Ele armazena dados de usuários de dispositivos, como aplicativos instalados e configurações, além de um cartão SD emulado.

Uma aparência de emulador especifica a aparência de um dispositivo. O AVD Manager fornece algumas aparências predefinidas. Também é possível definir suas próprias aparências ou usar aparências de terceiros.

Assim como com o dispositivo de verdade, para que os aplicativos usem determinados recursos de um AVD, como a câmera, ele deve ter a configuração <uses-feature> correspondente no manifesto.

Visualizar e gerenciar seus AVDs

O AVD Manager permite que você gerencie todos os seus AVDs em um só lugar.

Para executar o AVD Manager:

O AVD Manager é exibido.

Janela principal do AVD Manager

Ela exibe qualquer AVD que você já tenha definido. Quando você instala o Android Studio pela primeira vez, ele cria um AVD. Se você definiu AVDs para a versão 24.0.x ou anterior do Android Emulator, será preciso recriá-los.

Nessa página, você pode:

Criar um AVD

Você pode criar um AVD do início ou duplicar um existente e alterar algumas propriedades.

Para criar um novo AVD:

  1. Na página Your Virtual Devices do AVD Manager, clique em Create Virtual Device.
  2. Como alternativa, execute seu aplicativo de dentro do Android Studio. Na caixa de diálogo Select Deployment Target, clique em Create New Emulator.

    A página Select Hardware é exibida.

    Página Hardware Profile do AVD Manager
  3. Selecione um perfil de hardware e clique em Next.
  4. Se não vir o perfil de hardware desejado, você poderá criar ou importar um.

    A página System Image é exibida.

    Página System Image do AVD Manager
  5. Selecione a imagem de sistema de um nível de API específico e clique em Next.
  6. A guia Recommended lista as imagens de sistema recomendadas. As demais guias incluem uma lista mais completa. O painel direito descreve a imagem de sistema selecionada. Imagens de 86x são executadas com mais rapidez no emulador.

    Se você vir Download ao lado da imagem do sistema, clique nessa opção para fazer o download da imagem. Para isso, é preciso estar conectado à Internet.

    O nível de API do dispositivo de destino é importante, pois seu aplicativo não poderá ser executado em uma imagem de sistema com um nível de API inferior ao exigido pelo aplicativo, conforme é explicado no atributo minSdkVersion do arquivo de manifesto. Para saber mais sobre a relação entre o nível de API do sistema e o minSdkVersion, consulte Controlar as versões dos seus aplicativos.

    Se seu aplicativo declara um elemento <uses-library> no arquivo de manifesto, ele precisa de uma imagem de sistema no qual essa biblioteca externa esteja presente. Se quiser executar o aplicativo em um emulador, crie um AVD que inclua a biblioteca necessária. Para isso, pode ser preciso usar um componente de complemento para a plataforma do AVD; por exemplo, o complemento das APIs do Google contém a biblioteca do Google Maps.

    A página Verify Configuration é exibida.

    Página Verify Configuration do AVD Manager
  7. Altere as propriedades do AVD conforme precisar e clique em Finish.

    Clique em Show Advanced Settings para mostrar mais configurações, como a aparência.

  8. O novo AVD é exibido na página Your Virtual Devices ou na caixa de diálogo Select Deployment Target.

Para criar um AVD de uma cópia:

  1. Na página Your Virtual Devices do AVD Manager, clique com o botão direito do mouse em um AVD e selecione Duplicate.
  2. Ou clique em Menu e selecione Duplicate.

    A página Verify Configuration é exibida.

  3. Clique em Change ou Previous se precisar fazer alterações nas páginas System Image e Select Hardware.
  4. Faça suas alterações e clique em Finish.
  5. O AVD é exibido na página Your Virtual Devices.

Criar um perfil de hardware

O AVD Manager fornece perfis de hardware predefinidos para dispositivos comuns para que você possa adicioná-los facilmente às suas definições de AVD. Se precisar definir um dispositivo diferente, você poderá criar um novo perfil de hardware. Você pode definir um novo perfil de hardware do início ou copiar um perfil de hardware como ponto de partida. Os perfis de hardware pré-carregados não são editáveis.

Para criar um novo perfil de hardware desde o início:

  1. Na página Select Hardware, clique em New Hardware Profile.
  2. Na página Configure Hardware Profile, altere as propriedades do perfil de hardware conforme a necessidade.
  3. Clique em Finish.
  4. Seu novo perfil de hardware aparece na página Select Hardware. Opcionalmente, você pode criar um AVD que use o perfil de hardware clicando em Next. Ou clique em Cancel para voltar à página Your Virtual Devices ou à caixa de diálogo Select Deployment Target.

Para criar um perfil de hardware de uma cópia:

  1. Na página Select Hardware, selecione o perfil de hardware e clique em Clone Device.
  2. Ou clique com o botão direito no perfil de hardware e selecione Clone.

  3. Na página Configure Hardware Profile, altere as propriedades do perfil de hardware conforme a necessidade.
  4. Clique em Finish.
  5. Seu novo perfil de hardware aparece na página Select Hardware. Opcionalmente, você pode criar um AVD que use o perfil de hardware clicando em Next. Ou clique em Cancel para voltar à página Your Virtual Devices ou à caixa de diálogo Select Deployment Target.

Trabalhar com AVDs existentes

Na página Your Virtual Devices, você pode executar as seguintes operações em um AVD existente:

Trabalhar com perfis de hardware existentes

Na página Select Hardware, você pode executar as seguintes operações em um perfil de hardware existente:

Você não pode editar nem excluir os perfis de hardware predefinidos.

Executar e interromper um emulador e limpar dados

Na página Your Virtual Devices, você pode executar as seguintes operações em um emulador:

Importar e exportar perfis de hardware

Na página Select Hardware, você pode importar e exportar perfis de hardware:

Propriedades de um perfil de hardware

Você pode especificar as seguintes propriedades de perfis de hardware na página Configure Hardware Profile. As propriedades de configuração de um AVD substituem as propriedades de um perfil de hardware, e as propriedades do emulador definidas enquanto o emulador está em execução substituem ambas.

Os perfis de hardware predefinidos incluídos com o AVD Manager não são editáveis. No entanto, você pode copiá-los e editar as cópias.

Propriedades de um perfil de hardware Descrição
Nome do dispositivo Nome do perfil de hardware. O nome pode conter letras maiúsculas e minúsculas, números de 0 a 9, pontos (.), sublinhados (_) e parênteses ( () ). O nome do arquivo que armazena o perfil de hardware é derivado do nome do perfil de hardware.
Tipo do dispositivo Selecione uma das seguintes opções:
  • Phone/Tablet
  • Android Wear
  • Android TV
Tamanho da tela O tamanho físico da tela, em polegadas, medido na diagonal. Se a tela for maior do que a tela do seu computador, ela será reduzida durante a inicialização.
Resolução da tela Digite uma largura e uma altura em pixels para especificar o total de pixels na tela simulada.
Redonda Selecione essa opção se o dispositivo tiver uma tela redonda, como um Android Wear.
Memória: RAM Digite o tamanho da RAM do dispositivo e selecione a unidade B (byte), KB (kilobyte), MB (megabyte), GB (gigabyte) ou TB (terabyte).
Entrada: Tem botões de hardware (Voltar/Início/Menu) Marque essa opção se seu dispositivo tiver botões de navegação de hardware. Desmarque-a se esses botões forem implementados apenas no software. Se você selecionar essa opção, os botões não aparecerão na tela. Você pode usar o painel lateral do emulador para “pressionar” os botões em qualquer um dos casos.
Entrada: Tem teclado de hardware Marque essa opção se seu dispositivo tiver um teclado de hardware. Desmarque-a se não tiver. Se você selecionar essa opção, o teclado não aparecerá na tela. Você pode usar o teclado do computador para enviar pressionamentos de tecla ao emulador em qualquer um dos casos.
Estilo de navegação

Selecione uma das seguintes opções:

  • None - Nenhum controle de hardware. A navegação é realizada pelo software.
  • D-pad - Suporte ao pad direcional.
  • Trackball
  • Wheel

Essas opções se destinam aos controles de hardware do dispositivo em si. No entanto, os eventos enviados ao dispositivo pelo controlador externo são os mesmos.

Estados suportados do dispositivo

Selecione uma ou ambas as opções:

  • Portrait - Orientação mais alta do que larga.
  • Landscape - Orientação mais larga do que alta.

Se você selecionar ambas as opções, poderá alternar entre as orientações no emulador. Você deve selecionar pelo menos uma opção para continuar.

Câmeras

Selecione uma ou ambas as opções:

  • Back-Facing Camera - A lente não está direcionada ao usuário.
  • Front-Facing Camera - A lente está direcionada ao usuário.

Posteriormente, você poderá usar uma webcam ou foto fornecida pelo emulador para simular o registro de uma foto com a câmera.

Sensores: Acelerômetro Selecione se o dispositivo tiver um hardware que o ajude a determinar sua orientação.
Sensores: Giroscópio Selecione se o dispositivo tiver um hardware que detecte rotação ou giro. Combinado ao acelerômetro, esse recurso pode oferecer uma detecção mais estável da orientação e oferecer suporte a um sistema de orientação de seis eixos.
Sensores: GPS Selecione se o dispositivo tiver um hardware que oferece suporte a um sistema de navegação baseado em um Sistema de Posicionamento Global (GPS) por satélite.
Sensores: Sensor de proximidade Selecione se o dispositivo tiver um hardware que detecte se ele está próximo ao seu rosto durante uma chamada para desativar entradas da tela.
Aparência padrão Selecione uma aparência que controle a aparência do dispositivo quando ele é exibido no emulador. Lembre-se de que especificar uma tela muito pequena para a resolução pode fazer com que a tela seja cortada, não sendo exibida por completo. Consulte Creating Emulator Skins para saber mais.

Propriedades de um AVD

Você pode especificar as seguintes propriedades para as configurações do AVD na página Verify Configuration. A configuração do AVD especifica a interação entre o computador de desenvolvimento e o emulador, além das propriedades que você deseja substituir no perfil de hardware.

As propriedades de configuração de um AVD substituem as propriedades de um perfil de hardware, e as propriedades do emulador definidas enquanto o emulador está em execução substituem ambas.

Propriedade do AVD Descrição
Nome do AVD Nome do AVD. O nome pode conter letras maiúsculas e minúsculas, números de 0 a 9, pontos (.), sublinhados (_) e parênteses ( () ). O nome do arquivo que armazena as configurações do AVD é derivado do nome do AVD.
ID do AVD (avançado) O nome do arquivo do AVD é derivado do ID e você pode usá-lo para fazer referência ao AVD pela linha de comando.
Perfil de hardware Clique em Change para selecionar um perfil de hardware diferente na página Select Hardware.
Imagem do sistema Clique em Change para selecionar uma imagem de sistema diferente na página System Image. É necessário ter uma conexão ativa com a Internet para fazer o download de uma nova imagem.
Início: Escala Selecione o tamanho inicial que deseja usar quando o emulador for iniciado. Esse tamanho poderá ser ajustado se for maior do que a tela do computador. O valor padrão é Auto (automático).
Início: Orientação

Selecione uma opção para a orientação inicial do emulador:

  • Portrait - Orientação mais alta do que larga.
  • Landscape - Orientação mais larga do que alta.

Uma opção só será ativada se estiver selecionada no perfil de hardware. Ao executar o AVD no emulador, você poderá alterar a orientação se o perfil do hardware oferecer suporte às orientações de retrato e paisagem.

Câmera (avançado)

Selecione uma ou ambas as opções:

  • Front - A lente não está direcionada ao usuário.
  • Back - A lente está direcionada ao usuário.

Essa opção só será disponibilizada se for selecionada no perfil de hardware; ela não está disponível para dispositivos Android Wear e Android TV.

Rede: Velocidade (avançado)

Selecione um protocolo de rede para determinar a velocidade da transferência de dados:

  • GSM - Global System for Mobile Communications
  • HSCSD - High-Speed Circuit-Switched Data
  • GPRS - Generic Packet Radio Service
  • EDGE - Enhanced Data rates for GSM Evolution
  • UMTS - Universal Mobile Telecommunications System
  • HSPDA - High-Speed Downlink Packet Access
  • Full (default) - Transfira dados com a velocidade máxima permitida pelo computador.
Rede: Latência (avançado) Selecione um protocolo de rede para definir quanto tempo (atraso) é necessário para que o protocolo transfira um pacote de dados de um ponto a outro.
Desempenho emulado: Gráficos

Selecione como gráficos são renderizados no emulador:

  • Hardware - Use a placa de vídeo do computador para renderizar mais rapidamente.
  • Software - Emule os gráficos no software, o que será útil se você estiver com problemas para renderizar na placa gráfica.
  • Auto - Deixe que o emulador decida a melhor opção de acordo com sua placa de vídeo.
CPU de vários núcleos (avançado) Selecione o número de núcleos de processador no seu computador que quiser usar para o emulador. O uso de mais núcleos de processador agiliza o emulador.
Memória e armazenamento: RAM A quantidade de RAM no dispositivo. Esse valor é definido pelo fabricante do hardware, mas você pode substituí-lo, se necessário, para agilizar a operação do emulador, por exemplo. Aumentar o tamanho usa mais recursos no seu computador. Digite um tamanho de RAM e selecione a unidade B (byte), KB (kilobyte), MB (megabyte), GB (gigabyte) ou TB (terabyte).
Memória e armazenamento: Pilha da VM O tamanho de pilha da VM. Esse valor é definido pelo fabricante do hardware, mas você pode substituí-lo, se necessário. Digite um tamanho de pilha e selecione a unidade B (byte), KB (kilobyte), MB (megabyte), GB (gigabyte) ou TB (terabyte). Para saber mais sobre as VMs Android, consulte Memory Management for Different Virtual Machines.
Memória e armazenamento: Armazenamento interno A quantidade de espaço disponível na memória não removível do dispositivo. Esse valor é definido pelo fabricante do hardware, mas você pode substituí-lo, se necessário. Digite um tamanho e selecione a unidade B (byte), KB (kilobyte), MB (megabyte), GB (gigabyte) ou TB (terabyte).
Memória e armazenamento: Cartão SD A quantidade de espaço disponível na memória removível do dispositivo. Para usar um cartão SD virtual gerenciado pelo Android Studio, selecione Studio, digite um tamanho e selecione a unidade B (byte), KB (kilobyte), MB (megabyte), GB (gigabyte) ou TB (terabyte). É recomendável um mínimo de 100 MB para usar a câmera. Para gerenciar o espaço em um arquivo, selecione External File e clique em ... para especificar o arquivo e o local. Para saber mais, consulte mksdcard.
Quadro do dispositivo: Ativar quadro do dispositivo Selecione para ativar um quadro em volta da janela do emulador que imite a aparência de um dispositivo real.
Definição padrão da aparência (avançado) Selecione uma aparência que controle a aparência do dispositivo quando ele é exibido no emulador. Lembre-se de que especificar uma tela muito pequena para a resolução pode fazer com que a tela seja cortada, não sendo exibida por completo. Consulte Creating Emulator Skins para saber mais.
Teclado: Ativar entrada de teclado (avançado) Selecione essa opção se quiser usar seu teclado de hardware para interagir com o emulador. Ele fica desativado para dispositivos Android Wear e Android TV.

Criar aparências para o emulador

Uma aparência de emulador do Android é um conjunto de arquivos que definem os elementos visuais e de controle da tela de um emulador. Se as definições de aparência disponíveis nas configurações do AVD não atenderem aos seus requisitos, você poderá criar sua própria definição de aparência personalizada e aplicá-la ao seu AVD.

Cada aparência de emulador contém:

Para criar e usar uma aparência personalizada:

  1. Crie um novo diretório onde você salvará seus arquivos de configuração de aparência.
  2. Defina a aparência visual em um arquivo de texto com o nome layout. Esse arquivo define muitas características da aparência, como o tamanho e os ativos de imagem para botões específicos. Por exemplo:
    parts {
        device {
            display {
                width   320
                height  480
                x       0
                y       0
            }
        }
    
        portrait {
            background {
                image background_port.png
            }
    
            buttons {
                power {
                    image  button_vertical.png
                    x 1229
                    y 616
                }
            }
        }
        ...
    }
    
  3. Adicione os arquivos bitmap das imagens do dispositivo no mesmo diretório.
  4. Especifique configurações de dispositivo específicas de hardware em um arquivo hardware.ini para as configurações do dispositivo, como hw.keyboard e hw.lcd.density.
  5. Coloque os arquivos na pasta de aparências e selecione o arquivo como uma aparência personalizada.

Para obter informações mais detalhadas sobre como criar aparências de emulador, consulte a Especificação de arquivos de aparência para o Android Emulator no código-fonte das ferramentas.

This site uses cookies to store your preferences for site-specific language and display options.

Get the latest Android developer news and tips that will help you find success on Google Play.

* Required Fields

Hooray!

Follow Google Developers on WeChat

Browse this site in ?

You requested a page in , but your language preference for this site is .

Would you like to change your language preference and browse this site in ? If you want to change your language preference later, use the language menu at the bottom of each page.

This class requires API level or higher

This doc is hidden because your selected API level for the documentation is . You can change the documentation API level with the selector above the left navigation.

For more information about specifying the API level your app requires, read Supporting Different Platform Versions.

Take a short survey?
Help us improve the Android developer experience.
(Sep 2017 survey)