O Google tem o compromisso de promover a igualdade racial para as comunidades negras. Saiba como.

Visualizar dispositivos Chrome OS virtuais no Android Emulator

Se você quer desenvolver e testar seu app em um dispositivo Chrome OS, como um Pixelbook, mas não tem o hardware, pode usar um dispositivo Chrome OS virtual no Android Emulator.

Configurar

Para executar o app em um dispositivo virtual Chrome OS, basta fazer o download de alguns complementos e seguir as etapas de configuração:

1. Instalar o Android Studio

Consulte Fazer o download do Android Studio para ver instruções.

2. Ativar a aceleração de VM para o Android Emulator

O Android Emulator pode usar extensões para acelerar a execução de uma máquina virtual (VM, na sigla em inglês). Para ativar a aceleração da VM, siga as instruções em Configurar a aceleração de VM.

3. Instalar os complementos do SDK do Chrome OS

Para executar um dispositivo Chrome OS virtual no emulador, é preciso fazer o download da imagem do sistema apropriada por meio do SDK Manager do Android Studio.

  1. No Android Studio, selecione Tools > SDK Manager.
  2. 1. Clique na guia SDK Update Sites.
  3. Clique em Add na parte inferior da janela.
  4. Digite o nome e URL a seguir e clique em OK.

    Repositório do Chrome OS: https://storage.googleapis.com/chrome_os_emulator/adham2-1.xml

  5. Clique em Add novamente.
  6. Digite o nome e URL a seguir e clique em OK.

    Imagens do sistema Chrome OS: https://storage.googleapis.com/chrome_os_emulator/sys-img2-1.xml

  7. Clique em Apply.
  8. Clique na guia SDK Tools e marque a caixa de seleção Chrome OS device.
  9. Clique em OK para instalar o dispositivo Chrome OS.
  10. Reinicie o Android Studio.

4. Criar um AVD por meio do AVD Manager

Agora que você tem a imagem do sistema para o dispositivo Chrome OS instalado no Android Studio, pode usá-la para criar um dispositivo Chrome OS virtual que possa ser executado no emulador.

Consulte Criar e gerenciar dispositivos virtuais para ver instruções sobre como criar um AVD.

O perfil de hardware do Pixelbook (Beta) está na categoria Tablet.

Se você ainda não instalou o componente necessário da plataforma do SDK para o AVD, faça o download dele na guia Recommended da página Select a system image, na janela Virtual device configuration.

Executar o dispositivo virtual no emulador

Agora você pode executar seu dispositivo Chrome OS virtual no emulador.

Para ver instruções sobre como executar um app, consulte Executar um app no Android Emulator.

Ao iniciar um AVD pela primeira vez, é preciso configurar o dispositivo virtual com uma Conta do Google válida e aceitar os Termos de Serviço do Google Play. Isso só precisa ser feito na primeira vez que você inicia um dispositivo Chrome OS virtual recém-criado. A capacidade de executar apps para Android é desativada quando o Chromebook virtual é usado por um convidado. Para executar seu app para Android no emulador, é necessário fazer login com uma Conta do Google válida.

Problemas conhecidos

  • Se você está usando uma Conta do Google gerenciada pela sua organização, ela pode não estar configurada com uma política que permita a execução de apps para Android no Chromebook. Por exemplo, as contas padrão do G Suite não são configuradas para executar apps para Android. Se você está com problemas para usar uma conta gerenciada, use uma conta pessoal.
  • O Android Studio exibe alertas para imagens do Chrome OS.
  • O dispositivo Chrome OS virtual não inclui a Google Play Store. No entanto, o Google Play Services funciona nele.
  • Executar adb root fecha a conexão com o AVD até que você saia e faça login novamente. Uma solução alternativa é usar su.
  • O tamanho da RAM padrão para um AVD é 1.536 MB. Recomendamos que você aumente a RAM do AVD para 2.048 MB. Para fazer isso, clique em Show Advanced Settings na janela Virtual Device Configuration.
  • Os controles de rotação do emulador não fazem o dispositivo virtual alternar entre os modos paisagem e retrato.
  • O ponteiro do mouse se comporta como um dedo na tela touchscreen. Passar o cursor não funciona.
  • O uso da roda de rolagem do mouse pode causar cliques inoportunos no dispositivo. Uma solução alternativa é deslizar, mantendo o botão pressionado enquanto o move.
  • Quando você fecha a janela do emulador ou interrompe o emulador do AVD Manager antes que a inicialização do Android termine, o Chrome OS detecta um encerramento forçado. Na próxima inicialização, o Chrome OS exibirá a caixa de diálogo de restauração da falha. Para evitar isso, mantenha o botão liga/desliga pressionado nos controles do emulador para desligar o Chromebook virtual.
  • O leitor de tela ChromeVox não funciona nessa versão de visualização de dispositivo Chrome OS virtual no Android Emulator. Pretendemos resolver esse problema em uma atualização futura.