Participe do evento ⁠#Android11: apresentação de lançamento da versão Beta no dia 3 de junho.

Adicionar código de um modelo

O Android Studio oferece modelos de código que seguem as práticas recomendadas de design e desenvolvimento do Android para que você crie apps elegantes e funcionais. Você pode usar modelos para criar novos módulos de app, atividades individuais ou outros componentes específicos de projetos Android.

Alguns modelos oferecem código básico para contextos de uso comuns, como gavetas de navegação ou telas de login. Você pode escolher entre esses modelos de atividade e de módulo de app ao criar seu projeto, adicionar um novo módulo de app a um projeto existente ou adicionar uma nova atividade a um módulo de app.

Além das atividades, também é possível usar modelos para adicionar outros componentes de projetos Android a um app existente. Esses modelos incluem componentes de código, como serviços e fragmentos, e componentes que não são de código, como pastas e arquivos XML.

Esta página discute como adicionar componentes de projetos Android, como atividades, ao seu projeto e descreve os modelos de atividades normalmente utilizados e que estão disponíveis no Android Studio. Observe que a maioria dos modelos depende da Android Support Library para incluir os princípios de interface do usuário baseada no Material Design.

Adicionar um componente de projeto

Figura 1. O menu de modelos, que pode ser acessado emFile > New ou clicando com o botão direito do mouse na janela Project.

A lista de modelos fornecida pelo Android Studio cresce constantemente. O Android Studio agrupa modelos por tipo de componente adicionado, como uma Activity (Atividade) ou um arquivo XML, como mostrado na Imagem 1.

Para adicionar um componente de projeto Android usando um modelo, use a janela Project . Clique com o botão direito do mouse na pasta em que quer adicionar o novo componente e selecione New. Será exibida uma lista de tipos de modelos, como mostrado na Imagem 1, baseada nos componentes que podem ser adicionados à pasta em que você clicou.

Quando você seleciona o modelo que quer adicionar, uma janela de assistente correspondente é exibida e solicita as informações de configuração do componente, como o nome dele. Após a inserção das informações de configuração, o Android Studio cria e abre os arquivos do novo componente. Ele também executa uma compilação do Gradle para sincronizar seu projeto.

Embora você também possa usar o menu File > New do Android Studio para criar um novo componente de projeto Android, navegar até a pasta desejada na janela Project garante que você crie o componente no local correto.

Selecionar um modelo de atividade

Um dos usos mais comuns dos modelos é a adição de novas atividades a um módulo de app existente. Por exemplo, para criar uma tela de login para os usuários do seu app, adicione uma atividade com o modelo Atividade de login.

Esta seção abrange os modelos de atividade usados normalmente para app de smartphone e tablet. O Android Studio também fornece modelos para diversos tipos de módulo de app diferentes, incluindo Wear OS, Android TV e Cloud App Engine. Você pode ver os modelos desses tipos de módulo diferentes durante a criação de um módulo de app. Também há modelos para módulos e atividades mais específicos de API, como Google AdMobs Ads e Google Maps.

Os modelos de smartphone e tablet a seguir oferecem os componentes de código para contextos de uso específicos, como fazer login em uma conta, apresentar uma lista de itens com detalhes ou rolar um bloco longo de texto. Cada um deles pode servir como um módulo de app completo ou uma atividade individual.

Atividade básica

Este modelo cria um app simples, com uma barra de apps e um botão de ação flutuante. Ele é um ponto de partida para seu projeto, oferecendo os componentes de IU mais usados.

O modelo inclui:

Atividade de navegação inferior

Este modelo oferece uma barra de navegação inferior padrão para uma atividade, o que permite que os usuários acessem e alternem facilmente entre visualizações de nível superior com um único toque. Use este modelo quando o aplicativo tiver de três a cinco destinos de nível superior. Para ver mais informações, consulte as diretrizes de design do componente de navegação inferior (link em inglês).

O modelo inclui:

  • AppBar
  • Um único arquivo de layout com um exemplo de layout para a navegação inferior

Atividade vazia

Este modelo cria uma atividade vazia e um único arquivo de layout, com uma amostra de conteúdo de texto. Ele permite começar a criar do zero a atividade ou o módulo do seu app.

O modelo inclui:

  • Um único arquivo de layout com conteúdo de texto

Atividade em tela cheia

Este modelo cria um app que alterna entre uma visualização em tela cheia principal e uma visualização com controles padrão de interface do usuário (IU). A visualização em tela cheia é o padrão. O usuário pode ativar a visualização padrão tocando na tela do dispositivo.

O modelo inclui:

  • Implementação de listener de toque para ocultar os elementos de visualização padrão
  • Botão exibido na visualização padrão, mas que não faz nada
  • AppBar para a visualização padrão
  • Um único arquivo de layout com a visualização em tela cheia e um layout de frame para elementos de visualização padrão

Atividade de login

Este modelo cria uma tela de login padrão. A interface do usuário inclui campos de e-mail e senha e um botão de login. Normalmente, o modelo é usado como modelo de atividade e não como modelo de módulo de app.

O modelo inclui:

  • Implementação de AsyncTask para processar operações de rede separadamente da linha de execução principal da interface do usuário
  • Indicador de progresso durante operações de rede
  • Um único arquivo de layout com a IU de login recomendada:
    • Campos de entrada de e-mail e senha
    • Botão de login

Fluxo mestre/detalhe

Este modelo cria um app que é uma exibição de lista de itens e uma exibição dos detalhes de um item individual. Um clique em um item na tela da lista abre uma tela com os detalhes do item. O layout das duas exibições depende do dispositivo que executa o app.

O modelo inclui:

Este modelo cria uma Atividade básica com um menu de gaveta de navegação. A barra de navegação se expande do lado esquerdo ou direito do app e é exibida juntamente à barra normal do app.

O modelo inclui:

  • Implementação da gaveta de navegação com um DrawerLayout, processadores de eventos correspondentes e opções de menu de exemplo
  • AppBar
  • FloatingActionButton
  • Arquivos de layout e o cabeçalho da gaveta de navegação, além dos do modelo de Atividade básica

Atividade de rolagem

Este modelo cria um app com uma barra de ferramentas recolhível e uma visualização com rolagem para conteúdo de texto longo. Conforme a página é rolada para baixo, a barra de ferramentas, que pode servir como cabeçalho, fecha automaticamente, e o botão de ação flutuante desaparece.

O modelo inclui:

Atividade de configurações

Este modelo cria uma atividade que exibe preferências ou configurações do usuário para um app. Ele amplia a classe PreferenceActivity e é mais comumente usado como um modelo de atividade do que como um modelo de módulo de app.

O modelo inclui:

  • Atividade que amplia PreferenceActivity
  • Arquivos XML (no diretório res/xml/ do seu projeto) para definir as configurações exibidas

Atividade em guias

Este modelo cria um app com várias seções, navegação por deslizamento e uma barra de app. As seções são definidas como fragmentos entre os quais você pode deslizar para a esquerda ou direita para navegar.

O modelo inclui:

  • AppBar
  • Adaptador que amplia o FragmentPagerAdapter e cria um fragmento para cada seção
  • Instância de ViewPager, um gerenciador de layout para deslizamento entre seções
  • Dois arquivos de layout: um para a atividade e um para fragmentos individuais