O Google tem o compromisso de promover a igualdade racial para as comunidades negras. Saiba como.

Conteúdo baseado na Web

Figura 1. Você pode disponibilizar seu conteúdo na Web de duas formas: em um navegador da Web tradicional e em um aplicativo para Android, por meio da inclusão de uma WebView no layout.

O Android oferece várias maneiras de apresentar conteúdo a um usuário. Para fornecer uma experiência do usuário consistente com o restante da plataforma, geralmente é melhor criar um aplicativo nativo que incorpore experiências fornecidas pelo framework, como Android App Links ou a Pesquisa. Além disso, você pode usar experiências baseadas no Google Play, como Ações no app (link em inglês) e Slices, em que o Google Play Services esteja disponível. No entanto, alguns apps podem precisar de mais controle sobre a IU. Nesse caso, uma WebView é uma boa opção para exibir conteúdo próprio confiável.

A Figura 1 ilustra de que modo você pode fornecer acesso às suas páginas da Web em um navegador ou no seu próprio app para Android. O framework WebView permite que você especifique propriedades de estilo e janela de visualização para que suas páginas apareçam no tamanho e escala adequados em todas as configurações de tela para todos os principais navegadores da Web. Você pode até mesmo definir uma interface entre o app para Android e as páginas da Web para permitir que o JavaScript nas páginas da Web chame APIs no seu app, fornecendo APIs do Android para o aplicativo baseado na Web.

No entanto, não desenvolva um app para Android apenas como um meio de visualizar o site. Em vez disso, as páginas da Web incorporadas no aplicativo precisam ser projetadas especialmente para esse ambiente.

Alternativas à WebView

Embora objetos WebView forneçam maior controle sobre a IU, existem alternativas que podem oferecer funcionalidade semelhante com várias vantagens: exigem menos configuração, podem ser carregadas e executadas mais rapidamente, fornecem proteções de privacidade aprimoradas e podem acessar os cookies do navegador.

Considere usar essas alternativas à WebView se seu app se enquadrar nos seguintes casos de uso:

Para começar a desenvolver páginas da Web para dispositivos com tecnologia Android usando objetos WebView, consulte os documentos a seguir.