Notas da versão

Esta página descreve as mudanças de cada versão do SDK para jogos do Android.

1.2.3 (10 de março de 2020)

Nesta versão, a Oboe foi adicionada ao SDK para jogos. Não há mudanças na biblioteca Android Frame Pacing e no Android Performance Tuner.

A Oboe é uma biblioteca C++ de código aberto para áudio de alto desempenho no Android. Ela fornece uma única API nativa que funciona no Android 4.1 (API de nível 16) e versões mais recentes.

1.2.2 (12 de fevereiro de 2020)

Esta versão apresenta melhorias na API de tempos de carregamento para o Android Performance Tuner e várias correções de bugs. Não há mudanças na biblioteca Android Frame Pacing.

Android Performance Tuner

recurso Os eventos de carregamento agora precisam ser agrupados com chamadas para TuningFork_startLoadingGroup e TuningFork_stopLoadingGroup.
corrigido Chamar TuningFork_flush faz upload imediato dos dados em vez de colocá-los na fila para fazer upload mais tarde.
corrigido A falha intermitente no upload devido à formatação JSON de horários.
corrigido Um problema com uploads nos builds de lançamento.

1.2.1 (16 de dezembro de 2020)

Esta é uma versão de recursos internos do Android Performance Tuner e promove as bibliotecas do Jetpack da versão Alfa para a Beta. Não há mudanças nas APIs Android Frame Pacing ou Android Performance Tuner.

As bibliotecas do SDK para jogos agora precisam ser referenciadas individualmente ao vinculá-las, em vez de vincular à biblioteca genérica "gamesdk". Veja as configurações de build para Android Frame Pacing: OpenGL, Android Frame Pacing: Vulkan e Android Performance Tuner.

Android Performance Tuner

recurso Quando um jogador coloca o jogo em segundo plano durante o carregamento, um evento é enviado para analisar o abandono do carregamento mais tarde.

1.2.0 (29 de outubro de 2020)

A principal mudança nesta versão foi a inclusão de um mecanismo para registrar os tempos de carregamento. Também houve algumas correções de bugs. O SDK para jogos já está disponível na biblioteca do Jetpack do SDK para jogos do Android.

Biblioteca Android Frame Pacing

recurso Compatibilidade com a alternância da taxa de atualização no modo automático.
Para oferecer compatibilidade com várias taxas de atualização no Android 11, usando o modo automático ou não, é preciso chamar SwappyGL_setWindow ou SwappyVk_setWindow.
corrigido Correções de bugs no modo automático.
corrigido Correções de bugs do Vulkan.

Android Performance Tuner

recurso Tempos de carregamento.
As novas funções TuningFork_startRecordingLoadingTime e TuningFork_stopRecordingLoadingTime precisam ser chamadas para registrar eventos de tempo de carregamento anotados. O tempo entre a inicialização do app até a TuningFork_init e a primeira marcação são registrados automaticamente.
alterado O método anterior que definia uma anotação de tempo de carregamento não funcionará mais.
recurso Eventos de ciclo de vida.
É preciso chamar TuningFork_reportLifecycleEvent no método Java onCreate correto (entre outros) que está sendo chamado. Isso permite gerar relatórios de erros detalhados no Android Performance Tuner.
alterado Agora, mais métricas de memória são registradas quando TuningFork_enableMemoryRecording(true) é chamado.
alterado Mudança do modelo de memória.
O número máximo de métricas de cada tipo agora é especificado durante a inicialização, em vez de alocar espaço para todas as combinações de anotações possíveis. Consulte TuningFork_MetricLimits em tuningfork.h.
corrigido Sem uploads em conexões limitadas.

1.1.0 (10 de junho de 2020)

Esta versão do SDK para jogos do Android inclui o relatório de métricas do Android Performance Tuner e a biblioteca de ajuste de qualidade, também conhecida como Tuning Fork. Essa biblioteca está disponível para mecanismos de jogos nativos e do Unity e inclui os seguintes recursos:

recurso Integração com a biblioteca Android Frame Pacing para registrar automaticamente os tempos para a renderização de frames e outras métricas de renderização.
recurso As informações de tempo para a renderização do frame são registradas em histogramas e enviadas periodicamente.
recurso Anotação de dados de tempo com o estado atual do jogo.
recurso As características do dispositivo, anotações e configurações de qualidade são enviadas com os dados de tempo para permitir a análise em diferentes seções.
recurso Tratamento especial de anotações que indicam o tempo de carregamento de nível. Os dados de marcação de frame não são registrados durante o carregamento, mas a duração de cada período de carregamento é.
recurso Capacidade de gravar informações de tempo personalizadas, usando startTrace e endTrace.

1.0.2 (30 de março de 2020)

Essa versão inclui correções de bugs e alterações no comportamento do modo automático.

corrigido Correções de bugs para a destruição e a reinicialização do Swappy.
alterado O pipeline agora é ativado por padrão. Se o pipeline automático estiver ativado, o Swappy ainda poderá desativá-lo quando a carga de trabalho for muito baixa.
alterado Quando o modo automático estiver ativado, o Swappy decidirá mudar o intervalo de troca somente depois que 15% dos frames em uma janela de dois segundos forem mais rápidos ou mais lentos que o esperado. O Swappy nunca mudará para um intervalo de troca mais lento que o especificado pelo usuário.

1.0.1 (19 de fevereiro de 2020)

Essa versão é principalmente para a correção de bug.

corrigido Limpeza de recursos na saída do caminho de código SwappyFallback no Vulkan.
corrigido SwappyVk_destroySwapchain não destruirá mais os recursos do dispositivo se houver mais de uma cadeia de troca.
corrigido A versão do Swappy agora é exibida em logcat.
corrigido Falhas e impasses em Swappy_destroy para o nível de API 24 e anteriores.
recurso Compatibilidade com gerenciadores de linhas de execução personalizados (Swappy_setThreadFunctions).
recurso Compatibilidade com hooks de funções Vulkan (SwappyVk_setFunctionProvider).

1.0.0 (5 de dezembro de 2019)

Esta versão inicial do SDK para jogos do Android apresenta a biblioteca Android Frame Pacing.

recurso Exibe a sincronização de buffer.
recurso Modo de taxa de atualização automática e compatibilidade com pipeline.
recurso Coleção de estatísticas de renderização de frames.
recurso Seleção avançada de comportamento no tempo de execução, dependendo da presença dos recursos do Android, OpenGL e Vulkan necessários para o Swappy.
recurso Vinculação estática e dinâmica da biblioteca.
recurso Compatibilidade com dispositivos com várias taxas de atualização.