Infinite Studio ampliou o número de instalações ativas após otimização para o Chrome OS

Com pincéis naturais, mistura realista e um conjunto de ferramentas inigualável, o Infinite Painter é um dos apps de pintura mais avançados disponíveis para dispositivos móveis. Impulsionada pelo mantra "Ultrapassando os limites do dispositivo móvel", a equipe de desenvolvedores do Infinite Painter viu uma oportunidade de aumentar o alcance e preencher a lacuna entre o público de dispositivos móveis existente e a base de usuários em rápido crescimento do Chromebook.

Apesar de mais usuários migrarem dos computadores tradicionais e tablets interativos para dispositivos móveis, o Infinite Studio começou a receber mais solicitações para disponibilizar o Infinite Painter para telas de desktop mais amplas e imersivas. A equipe de desenvolvimento percebeu que poderia levar o Infinite Painter para um ambiente de desktop otimizando o app para o Chrome OS. Como os apps para Android podem ser executados no Chrome OS e os usuários podem acessá-los facilmente pelo Google Play, a equipe conseguiu fazer essas atualizações sem muito trabalho pesado.

O que eles fizeram

O primeiro passo da equipe de desenvolvimento foi descobrir o que tornaria a UX do Infinite Painter mais atraente durante a execução em um computador. A equipe decidiu aproveitar os novos recursos do Chromebook, ideais para experiências imersivas em tela ampla, fazendo três ajustes principais: adicionar atalhos de teclado, otimizar para novos dispositivos de entrada e ativar janelas redimensionáveis.

Atalhos do teclado

A primeira coisa que o Infinite Studio percebeu foi a frequência com que designers e ilustradores usam atalhos de teclado para acelerar o fluxo de trabalho. Assim, os desenvolvedores adicionaram 30 atalhos padrão do setor e os organizaram em um menu suspenso de fácil acesso, que pode ser acionado mantendo a tecla CTRL pressionada.

Dispositivos de entrada

Em seguida, o Infinite Studio otimizou o app para vários dispositivos de entrada, como um mouse externo, as pontas dos dedos (alguns Chromebooks vêm equipados com touchscreen), uma caneta stylus ou um touchpad. Para os touchpads, a equipe adicionou a capacidade de aplicar zoom e mover a tela facilmente usando gestos com dois dedos. Para mouses externos, adicionou o zoom da roda de rolagem e dicas de ferramentas que aparecem quando os usuários passam o mouse sobre os elementos da interface com o cursor.

Os desenvolvedores já ofereciam compatibilidade com entrada com stylus e ponta dos dedos para usuários de dispositivos móveis, mas trabalharam de perto com a equipe do Chrome OS para tornar a experiência ainda mais tranquila com a API de baixa latência. Isso permite que o app desenhe traços diretamente na sobreposição de tela e dá aos usuários a sensação de desenhar na tela com o stylus ou com os dedos.

Janelas redimensionáveis

Por fim, a equipe otimizou o app para que fosse compatível com vários tamanhos de janela. Os usuários podem redimensionar a janela do app para uma experiência otimizada em qualquer fator de forma, quer prefiram trabalhar no modo de tela cheia ou abrir e usar outro app ao lado. Os desenvolvedores também adicionaram a capacidade de os usuários arrastarem e soltarem imagens externas no app.

Resultados

Depois da otimização para telas mais amplas no Chrome OS, as instalações ativas do Infinite Painter aumentaram 55%, e a atividade geral no app quase dobrou. Sean Brakefield, criador do Infinite Painter, não poderia estar mais feliz com a decisão da equipe. “Entre a crescente demanda dos usuários por experiências centradas no toque e a gama de Chromebooks baseados em stylus que estão sendo lançados, sabíamos que fazia todo o sentido otimizar para Chrome OS”, concluiu ele. "O melhor de tudo é que quase toda a migração já tinha sido feita para nós quando o Google adicionou a compatibilidade com apps Android em Chromebooks."

Primeiros passos

Saiba como otimizar seus apps para o Chrome OS.