Participe do evento ⁠#Android11: apresentação de lançamento da versão Beta no dia 3 de junho.

iHeartRadio cria uma base de código mais limpa e enxuta com os componentes de arquitetura do Android

A iHeartRadio, de Nova York, oferece música ilimitada e milhares de estações de rádio, tudo em um único app. As operações da empresa incluem radiodifusão, mídia on-line, móvel, digital e social, concertos e eventos ao vivo, distribuição, serviços de pesquisa musical e representação independente de mídia.

Ouvintes de todo o mundo fizeram o download o app mais de um bilhão de vezes desde que foi lançado, em 2008. No entanto, no fim de 2017, a base de código começou a envelhecer, e o gerenciamento de código e integração de novos recursos se tornaram difíceis.

O que eles fizeram

A iHeartRadio optou pelos componentes de arquitetura do Android quando começou a atualizar o código. A biblioteca de persistência simples e fácil de implementar do Room era atraente para os engenheiros devido à capacidade de lidar com questões como consultas assíncronas e compatibilidade com RxJava, que o iHeartRadio usa extensivamente no código.

Ela também adotou componentes que reconhecem o ciclo de vida, que executam ações em resposta a uma mudança no status do ciclo de vida de outro componente. Os engenheiros da iHeartRadio consideraram esses componentes muito úteis para diminuir as dependências injetadas em atividades e fragmentos. Além disso, a empresa criou protótipos usando o ViewModel, que permite que os dados sobrevivam a alterações de configuração, como rotações de tela.

Resultados

A iHeartRadio achou fácil migrar para os componentes de arquitetura e usar as bibliotecas para testar o funcionamento da integração. O Room e outros componentes exigem o uso de muito pouco código clichê, ou seja, o código do app agora é significativamente mais curto. Os componentes de arquitetura também resultaram em menos vazamentos de memória. Um benefício adicional era que os novos desenvolvedores que entrassem na equipe poderiam rapidamente se familiarizar e iniciar a programação.

Em geral, a adoção dos componentes de arquitetura ajudou a iHeartRadio a criar uma base de código mais limpa e mais enxuta que evita erros. Essa é uma boa notícia para qualquer app, especialmente para uma oferta de áudio digital completo para um público mundial.

Primeiros passos

Os componentes de arquitetura do Android estão abertos a todos os desenvolvedores como parte do Android Jetpack. Comece a usar os componentes de arquitetura do Android.