Notas da versão do Wear OS

Esta página contém informações relacionadas ao Wear OS by Google.

25 de setembro de 2018 - SDK dos Wearables 16.0.0

A versão 16.0.0 do SDK dos Wearables reduz a versão exigida do Google Play Services da 12.4 para a 8.6. Esta alteração permite que os apps existentes sejam atualizados para a versão mais recente do SDK dos Wearables sem necessitar de uma atualização para o APK do Google Play Services.

11 de junho de 2018 - Atualização da versão 2 de pré-lançamento para o desenvolvedor do Wear OS

Uma atualização Over the Air (OTA) recente da versão 2 de pré-lançamento para o desenvolvedor do Wear OS reativou alarmes e jobs para apps em segundo plano.

Embora essa alteração de política permita maior flexibilidade no desenvolvimento de apps, os alarmes e jobs em segundo plano continuam sujeitos a outras restrições do Android P, incluindo as que pertencem aos Intervalos de aplicativos em espera. Aconselhamos que os desenvolvedores sigam as práticas recomendadas para assegurar que os apps tenham bom funcionamento, seja qual for o intervalo em que estejam inseridos.

Essa atualização também fortalece a entrada e a privacidade dos dados do usuário ao limitar o acesso de um app de segundo plano aos dados do sensor e de entrada do usuário. Dependendo dos requisitos do app, os desenvolvedores talvez precisem usar um serviço de primeiro plano para ativar o acesso contínuo aos dados do sensor.

8 de maio de 2018 - Versão 2 de pré-lançamento para o desenvolvedor do Wear OS

A versão 2 de pré-lançamento para o desenvolvedor do Wear OS apresenta recursos como uma experiência aprimorada do Google Assistente.

As imagens e o emulador do Wear OS, atualizados para a versão 2 de pré-lançamento para o desenvolvedor, permitem que você explore os recursos da versão de pré-lançamento do Android P no Wear OS.

Envie quaisquer bugs ou comentários pelo Rastreador de problemas do Wear OS by Google. Quanto mais cedo você enviar, maior será a probabilidade de incluirmos as correções na versão final.

Emulador e imagens para download

As imagens e os emuladores da versão de pré-lançamento incorporam recursos da versão de pré-lançamento do Android P no Wear OS.

Versões de pré-lançamento do desenvolvedor do emulador do Wear estão disponíveis no Android Studio; consulte Configurar versão de pré-lançamento do Wear OS.

Observação: essa versão de pré-lançamento é destinada apenas a desenvolvedores e não é adequada para uso diário ou de consumidores. Antes de fazer o download de uma imagem, confira os problemas conhecidos.

Aqui estão as imagens para teste e desenvolvimento de apps para a próxima versão do Wear OS:

Problemas conhecidos

Esta seção contém os problemas conhecidos da versão 2 de pré-lançamento.

Problemas na imagem do Wear OS

  • Ao pressionar o botão liga/desliga na lateral do relógio quando estiver em um app, você poderá voltar à tela anterior em vez de ao mostrador do relógio.

Problemas na imagem do Wear OS da China

  • Ao pressionar o botão liga/desliga na lateral do relógio quando estiver em um app, você poderá voltar à tela anterior em vez de ao mostrador do relógio.
  • As configurações de volume não são mantidas. Por exemplo, uma chamada recebida resulta em toques audíveis no relógio, mesmo que o som esteja desativado. E, se você ajustar o volume do alarme, a alteração não terá efeito.
  • Várias notificações contínuas podem não ser exibidas corretamente. Por exemplo, se um relógio e um cronômetro forem configurados ao mesmo tempo, as notificações não serão exibidas. Recomendamos testar seu app com apenas uma notificação contínua.
  • A app store do Wear na China não funciona. Os desenvolvedores não conseguirão atualizar nem instalar novos apps por meio desse canal. Como solução alternativa, recomendamos que os desenvolvedores usem o adb para carregar os apps para teste.

Problemas no emulador do Wear

  • Uma chamada realizada para um telefone complementar não é mostrada (espelhada) como uma chamada recebida no emulador pareado.
  • Quando você usa o SDK Manager para instalar ou confirmar que você tem a instalação mais recente do Android P ou a versão chinesa, as caixas de seleção ao lado dessas opções podem ser desmarcadas depois que você as marcar. Se isso ocorrer, marque-as novamente.
  • Quando o emulador executar uma inicialização a frio, o seguinte erro poderá ser exibido: "Há um problema interno com seu dispositivo. Entre em contato com o fabricante para saber mais detalhes." Isso não afeta a funcionalidade. Role para baixo e clique em "OK" para começar a testar seu app.
  • A resposta por voz pode não funcionar no emulador. Por exemplo, se você receber uma notificação sobre uma mensagem do Google Hangouts no emulador do Wear e tentar responder à mensagem por voz, a mensagem de erro "Google apresenta falhas continuamente" será exibida e você não poderá responder por voz.
  • O Instant Run pode ser incompatível com o emulador do Wear.
  • Registrar uma captura de tela de forma programática, por adb ou registrando um relatório de bugs, pode não funcionar. Como solução alternativa, clique no botão de câmera da barra de ferramentas do emulador para registrar uma captura de tela.

Problemas na versão chinesa do emulador do Wear

  • Uma chamada realizada para um telefone complementar pode não ser mostrada (espelhada) como uma chamada recebida no emulador pareado. Da mesma forma, notificações de chamadas perdidas podem não ser exibidas no emulador. Além disso, pode não ser possível atender a uma chamada pelo emulador e a chamada continuará tocando.
  • Quando você usa o SDK Manager para instalar ou confirmar que você tem a instalação mais recente do Android P ou a versão chinesa, as caixas de seleção ao lado dessas opções podem ser desmarcadas depois que você as marcar. Se isso ocorrer, marque-as novamente.
  • Quando o emulador executar uma inicialização a frio, o seguinte erro poderá ser exibido: "Há um problema interno com seu dispositivo. Entre em contato com o fabricante para saber mais detalhes." Isso não afeta a funcionalidade. Role para baixo e clique em "OK" para começar a testar seu app.
  • O Instant Run pode ser incompatível com o emulador do Wear.
  • Registrar uma captura de tela de forma programática, por adb ou registrando um relatório de bugs, pode não funcionar. Como solução alternativa, clique no botão de câmera da barra de ferramentas do emulador para registrar uma captura de tela.

Google Assistente no Wear

O suporte aprimorado do Assistente no Wear OS permite que você compile uma experiência pronta para wearables sem escrever código para Android. Especificamente, você pode compilar para as Ações na plataforma Google, ajudando os usuários a realizar tarefas com seus produtos e serviços.

Além disso, o Wear OS agora permite interações mais rápidas por voz e toque. Também há suporte para chips de sugestões, que fazem o seguinte:

  • Ajudam os usuários a realizarem interações rapidamente.
  • Fornecem dicas aos usuários sobre a capacidade da sua Ação.

Além disso, o Wear OS agora oferece suporte para mais cartões visuais, além de listas e carrosséis.

Assim, você pode usar o DialogFlow, modelos ou o SDK de Ações para criar Actions on Google para Wear OS. Além disso, você pode utilizar os novos modelos de resposta específicos de um relógio. Práticas recomendadas para o Actions on Google incluem:

  • Caixas de diálogo breves e concisas
  • Comentários visuais e por voz

Essas melhorias do Assistente no Wear OS não dependem do Android P e serão implementadas para todos os usuários do Wear 2.0. Para conferir uma introdução à criação com o Actions on Google, consulte Estender o Google Assistente.

Economia de bateria na versão 2 de pré-lançamento para o desenvolvedor

Conforme é descrito abaixo, recursos relacionados à alimentação são disponibilizados para aumentar a duração da bateria. As informações desta seção da versão 2 de pré-lançamento para o desenvolvedor substituem as informações relacionadas à alimentação da versão 1 de pré-lançamento para o desenvolvedor.

Novo modo: economia aprimorada de bateria

Embora um relógio esteja no modo de economia aprimorada de bateria, um mostrador do relógio padrão de alimentação otimizada é exibido. Todas as opções a seguir são desativadas:

  • Rádios
  • A tela touch
  • O recurso de inclinar para ativar

Os usuários podem ver a hora ao tocar o botão lateral. Tocar e manter pressionado permite que o usuário volte a um modo totalmente operacional e realize tarefas como pagar por NFC ou responder a uma mensagem. Os desenvolvedores devem pressupor que seus apps, mostradores do relógio e fornecedores de dados de complicação estejam indisponíveis no modo de economia aprimorada de bateria.

Atividades limitadas em segundo plano

Para aprimorar a alimentação, os apps em segundo plano não têm mais permissão para iniciar alarmes e jobs a não ser que o relógio esteja carregando. Exceções incluem mostradores do relógio e complicações ativas. Use seu app com o emulador da versão de pré-lançamento ou a imagem para download e envie comentários por meio do Rastreador de problemas do Wear OS by Google.

Observação: se seu app precisar ser executado constantemente, por exemplo, para monitoramento em segundo plano, recomendamos usar um serviço de primeiro plano com o método startForegroundService(). Consulte as Limitações de serviços em segundo plano para mais detalhes. No momento, usar um serviço de primeiro plano é apropriado para casos de uso excepcionais, como o monitoramento de saúde.

Compatibilidade de aplicativo aprimorada

Para melhorar a compatibilidade de apps, o Android P começou a implementar certas restrições para o uso de interfaces que não fazem parte do SDK. Você precisa planejar interromper o uso de métodos e campos que não fazem parte do SDK. Se nenhum equivalente público estiver disponível para seu caso de uso, fale conosco.

Tema escuro para a IU do sistema

Desde o início de 2018, o Wear OS adotou um tema de IU padrão que tem um plano de fundo mais escuro para o stream de notificações e o inicializador do sistema. O objetivo dessa mudança é melhorar a nitidez dos apps. Confira a acessibilidade do seu app com esse novo tema de IU.

Codelabs atualizados estão disponíveis

Codelabs atualizados estão disponíveis para ajudar você a explorar maneiras importantes de desenvolver com o Wear OS. Por exemplo, experimente o novo codelab de mostrador do relógio baseado em Kotlin, no qual experimentamos com a DSL Kotlin (linguagem específica de domínio Kotlin). Se quiser enviar comentários, fale conosco.

27 de março de 2018 - Versão 1 de pré-lançamento para o desenvolvedor do Wear OS

Data: 27 de março de 2018

Esta seção contém informações sobre a Versão 1 de pré-lançamento para o desenvolvedor do Wear OS. Esperamos fornecer diversas atualizações para essa versão de pré-lançamento antes do lançamento do produto final. Envie qualquer bug encontrado pelo Rastreador de problemas do Wear OS by Google. Quanto mais cedo você os enviar, maior será a probabilidade de incluirmos as correções na versão final.

Emulador e imagem para download

As imagens e os emuladores da versão de pré-lançamento incorporam recursos da versão de pré-lançamento do Android P no Wear OS.

Uma versão de pré-lançamento para o desenvolvedor do emulador do Wear está disponível no Android Studio. Consulte Configurar versão de pré-lançamento do Wear OS.

Observação: antes de fazer o download de uma imagem, consulte os problemas conhecidos.

Aqui estão as imagens para teste e desenvolvimento de apps para a próxima versão do Wear OS:

Problemas conhecidos

  • No app complementar do Wear OS, tocar em "Report wearable bug" parece funcionar, mas nenhum relatório de bug é de fato gerado. Recomendamos usar adb bugreport como solução alternativa.
  • Aceitar uma chamada telefônica usando o relógio nem sempre funciona. Se isso não funcionar, o usuário precisará aceitar a chamada diretamente do celular.
  • O erro "Detected problems with API compatibility" às vezes aparece após parear ou iniciar um app pré-carregado. A mensagem de erro desaparece após um breve momento e não afeta a usabilidade.
  • No menu Configurações do relógio e do emulador, a opção "Criar relatório do problema" é exibida duas vezes. Para registrar um relatório de bug, tente usar as duas opções, porque apenas uma funciona. Ao tocar na opção que funciona, uma notificação toast é exibida, mostrando que um relatório de bug está sendo gerado.
  • Na versão chinesa, uma entrada de texto por voz faz com que um app falhe. Isso ocorre, por exemplo, com a pesquisa por voz ou ao usar o recurso de voz para adicionar um lembrete, porque essa funcionalidade usa APIs de entrada de texto por voz. Para testes, use entradas de teclado ou manuscritas, em vez de entradas de texto por voz.
  • A app store do Wear na China não funciona. Os desenvolvedores não conseguirão atualizar nem instalar novos apps por meio desse canal. Como solução alternativa, recomendamos que os desenvolvedores usem o adb para carregar os apps para teste.

Destaques da versão de pré-lançamento para o desenvolvedor

A primeira versão de pré-lançamento para o desenvolvedor inclui os seguintes recursos para teste de apps:

  • Atividades limitadas em segundo plano: para melhorar o uso da bateria, os apps em segundo plano não têm mais permissão para usar alarmes e jobs. Exceções incluem mostradores do relógio e complicações selecionadas pelo usuário. Esse recurso será implantado gradualmente nas versões de pré-lançamento para o desenvolvedor, portanto, é possível que você não o veja imediatamente no seu relógio.

    Observação: se seu app precisar ser executado constantemente, recomendamos que você o modifique para torná-lo um serviço de primeiro plano usando o método startForegroundService(). Consulte as Limitações de serviços em segundo plano para mais detalhes.

  • Restrições para o uso de interfaces que não fazem parte do SDK. Para melhorar a compatibilidade de apps, o Android P começou a implementar certas restrições para o uso de interfaces que não fazem parte do SDK. Você deve planejar interromper o uso de métodos e campos que não fazem parte do SDK. Se nenhum equivalente público estiver disponível para seu caso de uso, fale conosco.
  • Tema escuro para a IU do sistema Desde o início de 2018, o Wear OS adotou um tema de IU que tem um plano de fundo mais escuro para o stream de notificações e o inicializador do sistema. O objetivo dessa mudança é melhorar a nitidez dos apps. Confira a acessibilidade do seu app com esse novo tema de IU.
  • Rádios são desligados quando o relógio é retirado do pulso: para melhorar o uso da bateria, o rádio Bluetooth, o rádio Wi-Fi e o rádio celular são desligados quando o relógio detecta que foi retirado do pulso por um longo período. Esse recurso será implantado gradualmente nas versões de pré-lançamento para o desenvolvedor, portanto, é possível que você não o veja inicialmente no seu relógio. Se o recurso dificultar seu processo de desenvolvimento, é possível desativá-lo pelo adb com o seguinte comando:
    adb shell settings put global off_body_radios_off_for_small_battery_enabled 0
  • O Wi-Fi é desligado quando o Bluetooth é desconectado: para melhorar o uso da bateria, o relógio não se conectará mais automaticamente ao Wi-Fi quando o relógio desconectar o Bluetooth. Exceções incluem quando o app solicitar uma rede de alta largura de banda e quando o relógio estiver conectado a um carregador. Esse recurso será implantado gradualmente nas versões de pré-lançamento para o desenvolvedor, portanto, é possível que você não o veja inicialmente no seu relógio.

Atualizações para a versão 2.3.0 da Biblioteca de Suporte de Wearables

A atualização da documentação v2.3.0 da Biblioteca de Suporte de Wearables inclui atualizações de rebranding.

Além disso, a versão 2.3.0 da biblioteca inclui atualizações relacionadas a ComplicationDrawable e TextRenderer para texto com objetos de marcação conectados a intervalos de texto. Essas classes melhoraram o uso de textos com período. Somente um determinado subconjunto de períodos tem permissão para ser renderizado (consulte o método setText para saber quais tipos de períodos podem ser desenhados), de forma que os períodos não pareçam estar fora de lugar quando renderizados no mostrador do relógio.

15 de março de 2018 - Rebranding do Wear

Data: 15 de março de 2018

Esta seção contém informações sobre os recursos do Wear OS.

Novo nome do Android Wear

O Android Wear foi renomeado para Wear OS by Google.

27 de fevereiro de 2018 - Atualização do modo ambiente

Data: 27 de fevereiro de 2018

Esta seção contém informações sobre os novos recursos do Android Wear.

Nova classe para suporte ao modo ambiente

A versão 27.1.0 da Biblioteca de Suporte do Android contém uma nova classe, AmbientModeSupport, que substitui a classe AmbientMode, agora obsoleta. Estamos planejando atualizações para os exemplos nas próximas semanas.

25 de janeiro de 2018 - Emulador final e muito mais

Data: 25 de janeiro de 2018

Esta seção contém informações sobre os novos recursos do Android Wear.

Android Emulator: atualização para o Wear

A atualização final para o Android Emulator relacionada ao Wear está disponível para testes de apps com base na versão 26 da API.

Melhorias na Biblioteca de Suporte de Wearables versão 2.2.0

A versão 2.2.0 da Biblioteca de Suporte de Wearables inclui as atualizações descritas abaixo.

Um novo indicador de notificação não lida

Como os usuários querem estar cientes de notificações não lidas, um novo indicador foi fornecido: um ponto circunscrito na parte inferior do mostrador do relógio. Há mecanismos disponíveis se você preferir gerenciar as notificações por conta própria. Você pode usar setHideNotificationIndicator para ocultar o indicador padrão e exibir seu próprio ou usar setShowUnreadCountIndicator para exibir uma contagem de notificações na barra de status.

Personalize a cor do anel externo do indicador de notificação não lida com o método setAccentColor.

Observação: o indicador de notificações não lidas não está ativado na versão de produção do Wear 2.8.0. Aconselhamos testar sua implementação usando a versão mais recente do emulador do Wear. A partir da próxima versão do consumidor do Wear (2.9.0), o indicador de notificações não lidas será exibido por padrão.

Para mais informações, consulte Gerenciar o indicador de notificações não lidas.

Melhorias na classe ComplicationDrawable

A classe ComplicationDrawable inicia uma solicitação de permissão para um mostrador de relógio que é tocado quando o sistema indica um valor de TYPE_NO_PERMISSION (indicando que o mostrador do relógio não tem permissão para receber os dados de complicação).

Além disso, a classe ComplicationDrawable se invalida quando termina de carregar imagens ou quando um destaque de toque expira. Para responder a essa invalidação (por exemplo, para redesenhar o mostrador do relógio), adicione uma Drawable..Callback.

Problemas conhecidos

  • Se você ativar o Modo Teatro no emulador (consulte Alterar as configurações de tela e brilho), o emulador poderá ficar preso nesse modo. Para corrigir esse problema, é preciso limpar os dados do emulador. Consulte Executar e interromper um emulador, e limpar os dados.
  • Na janela de um emulador da API nível 25 ou 26, o botão liga/desliga não funciona. Portanto, use botões que não sejam o de liga/desliga. Especificamente, para mudar para o modo ambiente (como se um usuário tivesse coberto a tela com a palma da mão, por exemplo), use o botão liga/desliga da barra de ferramentas do emulador (à direita da tela). Para executar o inicializador de aplicativos (no modo interativo), use o botão Home (círculo simples) da barra de ferramentas do emulador.
  • Na versão chinesa do emulador, se você usar o método de entrada de escrita à mão, a tela poderá começar a piscar. Então, quando você clicar no botão para acessar o teclado virtual, ele ocupará metade da tela.

18 de dezembro de 2017 - Novo acesso ao Google Play Services

Esta seção contém informações sobre os novos recursos do Android Wear.

Abandonar o uso da classe GoogleApiClient

A partir da versão 11.8.0 do Google Play Services, os apps do Google Wear devem deixar de usar a classe GoogleApiClient e, no lugar dela, usar os objetos de cliente da API baseados na classe GoogleApi, bem como a API Tasks.

Observação: essa atualização não se aplica a apps do Android Wear para a China, que geralmente usam a versão 10.2.0 do Google Play Services.

Para mais informações, consulte:

Novos componentes para conexão com o Google Play Services

Quando você usa classes que ampliam a classe GoogleApi, como DataClient e MessageClient, o SDK do Google Play Services gerencia as conexões com o Google Play Services. Consulte a postagem do blog relacionada. Os apps que usam essas classes não precisam mais criar e gerenciar objetos GoogleApiClient.

Para substituir os componentes relacionados ao Wear para conexão com o Google Play Services, consulte Substitutos para componentes obsoletos. Para ver as versões e os problemas conhecidos relacionados ao Google Play Services, consulte as Notas da versão do Google Play Services.

Observação: se você compilar seu app com a versão mais recente do Google Play Services, será pedido que os usuários atualizem os dispositivos para a versão mais recente. No entanto, um problema conhecido de apps direcionados para a versão 26 da API pode impedir que eles recebam essa solicitação. Esse problema é descrito nas Notas da versão do Google Play Services.

25 de outubro de 2017 - Modo ambiente e muito mais

Esta seção contém informações sobre os novos recursos do Android Wear.

Biblioteca de Suporte do Android, v27.0.0: Recursos e correções de bugs

A versão 27.0.0 da Biblioteca de Suporte do Android contém novos recursos para o Wear, que são descritos abaixo.

Nova maneira preferencial para oferecer suporte ao modo ambiente

O modo ambiente permite que um app para Wear OS permaneça visível para um usuário quando o dispositivo está ocioso. A Biblioteca de Suporte do Android tem uma nova maneira preferencial para seus apps usarem o modo ambiente. A equipe do Wear quer saber as opiniões dos desenvolvedores sobre essa mudança significativa.

Mais especificamente, o uso da classe AmbientMode permite que você se beneficie dos seguintes recursos:

Consulte Modo ambiente usando a classe AmbientMode.

Constantes de metadados de manifesto na Biblioteca de Suporte do Android

Constantes para apps do Android Wear, para a tag de meta-data no arquivo do Android Manifest, agora estão disponíveis na Biblioteca de Suporte do Android. Para usar as constantes (para apps independentes, o modo de transmissão de notificações e as imagens de visualização do mostrador do relógio), adicione uma referência para os seguintes itens na seção de dependências do arquivo build.gradle do módulo do app (exige a versão mais recente do repositório do Google):

    compile 'com.android.support:wear:27.0.0'
    

Atualizações de gaveta de ação

As atualizações estão disponíveis para a classe WearableActionDrawerView, que é usada para criar uma gaveta de ação de wearable. Na versão mais recente:

  • Quando itens de menu são modificados, a gaveta de ação é atualizada da forma apropriada.
  • Se definido para uma gaveta de ação, o título será exibido corretamente.

Inflação da classe RoundedDrawable

Pressupondo um nível de API de no mínimo 24, a classe RoundedDrawable agora pode ser inflada de um arquivo XML drawable; consulte Drawables personalizados.

Biblioteca de Suporte de Wearables, v2.1.0: melhorias e muito mais

A versão 2.1.0 da Biblioteca de suporte de wearables inclui as atualizações descritas abaixo e exige a versão 26.0.2 ou posterior da Biblioteca de Suporte do Android.

Fornecer imagens com proteção de pixels para o modo ambiente

A classe ComplicationDrawable permite que você forneça imagens com proteção de pixels para o modo ambiente. Especificamente, a pequena imagem de proteção de pixels de um objeto ComplicationData permite que o mostrador do relógio exiba uma imagem pequena (no tipo de complicação SMALL_IMAGE) no modo ambiente quando a proteção de pixels está ativada.

Atualizações de eventos de toque para complicações

A classe ComplicationDrawable tem um novo método onTap que permite ao mostrador do relógio passar eventos de toque para complicações. O novo método é baseado na funcionalidade existente, na qual um toque no mostrador do relógio aciona o método WatchFaceService.Engine.onTapCommand.

Você pode passar as coordenadas para um ComplicationDrawable com uma chamada onTap, para iniciar a ação associada ao ComplicationDrawable que contém as coordenadas de toque. Quando o novo método onTap for chamado, você poderá usar o valor de retorno true para verificar se um ComplicationDrawable iniciou a ação associada a ele.

Além disso, o método setHighlightDuration define a duração pela qual uma complicação permanecerá em destaque após o método onTap ser chamado.

Barra de progresso para complicações com valores em intervalos

Se você preferir adicionar a própria barra de progresso para complicações com valores em intervalos no mostrador do relógio, poderá usar o método setRangedValueProgressHidden da classe ComplicationDrawable para ocultar o progresso dos valores em intervalos adicionado pelo ComplicationDrawable.

2 de outubro de 2017 - Android Wear Beta

Data: 2 de outubro de 2017
Versão: OWP4.170828.008
Dispositivo compatível: LG Watch Sport

Esta seção contém problemas conhecidos para uma versão Beta do Android Wear. Para informações sobre o programa Beta e/ou para se inscrever, consulte a página do Android Beta.

Problemas conhecidos

  • O Android Pay e seus cards não funcionam com esta versão Beta do Android Wear.
  • Mesmo que a conexão de smartphone esteja ativada, ela será desativada quando a versão Beta for instalada. Como solução alternativa, ative a conexão celular após a instalação da versão Beta navegando para Configurações > Conectividade > Celular.
  • Se as notificações estiverem erráticas ou ausentes após uma atualização da versão Beta, ou se os contatos não forem sincronizados, redefina o relógio para as configurações de fábrica.
  • No tutorial do Wear (que será iniciado após a configuração do relógio), alguns cards se comportam de forma errática, mas podem ser dispensados normalmente (com um gesto de deslizar).
  • Em smartphones com o Android 6.0 (Marshmallow), o relógio não recebe notificações de chamada.
  • O monitoramento de batimentos cardíacos às vezes falha após uma atualização. Como solução alternativa, reinicie o relógio.
  • O card OTA no stream às vezes não permite uma instalação. Como solução alternativa, navegue para Configurações > Sistema > Sobre > Atualizações do sistema.