Android vitals

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

O Android vitals é uma iniciativa do Google para melhorar a qualidade técnica de apps do Google Play em dispositivos Android. Quando um usuário que ativou o recurso executa seu app, o dispositivo Android dele registra informações sobre aspectos de qualidade, incluindo métricas de estabilidade, métricas de desempenho, uso da bateria e recusas de permissão. Esses dados são agregados pelo Google Play e podem ser acessados de duas maneiras: pelo Google Play Console, no painel do Android vitals, e pela API Google Play Developer Reporting.

Os desenvolvedores precisam monitorar todas as métricas para garantir que não tenham um efeito negativo na experiência do usuário. Em especial, os desenvolvedores precisam priorizar as duas principais métricas: a taxa de falha percebida pelo usuário e a taxa de ANR percebido pelo usuário.

Principais métricas e maus comportamentos

As principais métricas afetam a visibilidade do app no Google Play. Cada métrica principal tem um limite geral de mau comportamento e um limite por dispositivo. Os valores estão listados abaixo e também são mostrados no Android vitals.

Perguntas frequentes

O que são as principais métricas?

As principais métricas são as métricas mais importantes do Android vitals, porque afetam a visibilidade do app no Google Play. São elas: a taxa de falha percebida pelo usuário e a taxa de ANR percebido pelo usuário.

Quais são os limites de mau comportamento?

Cada métrica principal tem dois limites de mau comportamento: um geral, que considera todas as sessões em todos os dispositivos, e um limite avaliado por dispositivo, que considera somente smartphones. Esses limites são exibidos no Android vitals.

LIMITE DE MAU COMPORTAMENTO
Para maximizar a visibilidade no Google Play, mantenha seu app abaixo desses limites.
Geral (média entre dispositivos) Por modelo de smartphone
Taxa de falha percebida pelo usuário 1,09% 8%
Taxa de ANR percebido pelo usuário 0,47% 8%

Como as principais métricas afetam a visibilidade do meu título no Google Play?

Se o app ou jogo exceder o limite geral de mau comportamento de qualquer métrica principal, o Google Play poderá reduzir a visibilidade dele para usuários em todos os modelos de dispositivo. Se o app ou jogo exceder o limite de mau comportamento de qualquer métrica principal em determinado modelo de dispositivo, o Google Play poderá reduzir a visibilidade dele para os usuários que têm esse modelo. O Google Play também pode mostrar um aviso na página "Detalhes do app" para indicar aos usuários que o app pode não funcionar corretamente naquele dispositivo.

Um app pode apresentar mau comportamento em termos gerais e em modelos específicos de dispositivos? Ou apenas um dos casos é possível? O que pode ser feito?

Sim, todos esses casos são possíveis. Para melhorar a qualidade geral do seu app, corrija as falhas e os clusters de ANR que afetam a maior parte dos usuários. Já para melhorar a qualidade por dispositivo, corrija os maiores clusters de ANR e falhas naquele modelo. Se você estiver enfrentando os dois problemas, recomendamos começar considerando os maiores clusters de ANR e falhas de um modo geral. Assim, você provavelmente também vai melhorar a qualidade do app nos modelos de dispositivos mais importantes.

Preciso de ajuda para corrigir problemas técnicos. Por onde começo?

Reunimos vários recursos para ajudar você a começar o processo de diagnosticar e corrigir problemas técnicos no seu app ou jogo.

Principais métricas:

Taxa de ANR percebido pelo usuário
Taxa de falha percebida pelo usuário

Todas as outras métricas:

Ativações excessivas
Wake locks parciais travados
Busca excessiva por Wi-Fi em segundo plano
Uso excessivo da rede móvel em segundo plano
Tempo de inicialização do app
Renderização lenta
Frames congelados
Permissões negadas

Não quero ter surpresas com maus comportamentos nem com avisos na página "Detalhes do app". Como posso me preparar?

Em geral, o Google Play analisa os dados dos últimos 28 dias para avaliar a qualidade do app. Você receberá um aviso no Android vitals se houver algum mau comportamento nesse período.

  • Confira a IU regularmente ou use a API Reporting para incorporar os dados diretamente aos seus fluxos de trabalho.
  • [Disponível em breve] Configure alertas de e-mail no Play Console para receber avisos de maus comportamentos.
  • [Disponível em breve] O Android vitals vai enviar alertas de "problemas emergentes", que se referem a modelos que atingiram o limite de mau comportamento por dispositivo em um período de sete dias. Assim, você terá até 21 dias para resolver qualquer problema antes da avaliação.

Meu app está apresentando mau comportamento em vários dispositivos. Como faço para entender a lista exibida?

Às vezes, alguns aspectos específicos do hardware ou software do dispositivo podem contribuir para aumentar as taxas de problemas. Para ajudar você a detectar e resolver esses problemas, um novo recurso no Android vitals vai enviar uma notificação se encontrarmos possíveis associações entre altas taxas de problemas e os principais atributos de um dispositivo, como RAM, versão do Android e system on chip, entre outros. Você também pode analisar essas associações por conta própria com a ferramenta "Alcance e dispositivos" do Play Console.

No Android vitals, também é possível acessar as informações consolidadas do dispositivo com um clique, incluindo base instalada, receita, notas e avaliações. Essas informações são mostradas em um painel lateral para que você não precise sair da página em que está.

Quanto tempo demora para os avisos pararem de ser exibidos depois da correção de um problema em um dispositivo?

O Google Play avalia suas principais métricas diárias com base em uma média contínua de 28 dias. Quando a média contínua fica abaixo dos limites, o Android vitals para de mostrar avisos. Os avisos na página "Detalhes do app" poderão ser removidos antes disso se os algoritmos do Google Play detectarem que a qualidade técnica já está em um processo de melhora.

E se eu não puder corrigir o problema ou não quiser fazer isso?

Ao decidir como proceder, considere o custo e as consequências que experiências ruins de forma persistente no app podem gerar. Maus comportamentos prejudicam os usuários existentes e reduzem a capacidade de conquistar novos. Caso a correção do mau comportamento por dispositivo não seja viável, analise sua lógica de segmentação por dispositivo e a lógica de exclusão.

Por que as contagens e as taxas de problemas exibidas no Android vitals não correspondem às que vejo nas minhas soluções próprias ou nas soluções de terceiros?

O Android vitals é a fonte da verdade do Google Play para avaliar a qualidade técnica de apps e jogos. As contagens e as taxas de problemas do Android vitals podem não corresponder às de outras fontes por vários motivos:

  • As informações do Android vitals são provenientes da Plataforma Android e capturam alguns eventos que não podem ser detectados por SDKs, incluindo:
    • Falhas na inicialização, que acontecem antes da inicialização do SDK.
    • ANRs em versões anteriores ao Android 12.
  • O Android vitals só considera os problemas detectados em dispositivos certificados e em apps que tenham sido instalados do Google Play. Outras fontes de dados não podem implementar essas restrições.
  • O Android vitals só coleta dados de usuários que ativaram o compartilhamento de dados de uso e diagnóstico. Outras ferramentas podem não exigir a permissão do usuário e, mesmo que façam isso, é improvável elas que coletem dados do mesmo grupo que ativou a permissão no Android.
  • Para proteger a privacidade do usuário, só mostramos as métricas no painel quando conseguimos coletar dados suficientes para gerar relatórios anônimos.
  • As taxas de problemas podem ser calculadas de maneira diferente. As taxas do Android vitals consideram o número de problemas (falhas, ANRs, entre outros) por usuário ativo por dia. Já o Crashlytics considera o número de problemas por sessão do app. Dessa forma, a taxa de falhas para um usuário que jogou três vezes em um dia em que ocorreu uma falha no app, por exemplo, seria de 100% no Android vitals e de 33% no Crashlytics.

Para ver mais informações sobre como os dados são coletados, consulte a Central de Ajuda do Play Console.