Permissões negadas

A maioria dos apps exige que os usuários concedam determinadas permissões de apps para funcionar corretamente. No entanto, em alguns casos, os usuários podem não conceder as permissões se:

  • Acharem que a permissão não é necessária para a funcionalidade principal do app.
  • Não usarem a funcionalidade associada à permissão.
  • Estiverem preocupados com o impacto da permissão sobre o desempenho do dispositivo.
  • Simplesmente ficarem incomodados, por exemplo, por questões de privacidade.

Usar o "Android vitals" para avaliar as percepções do usuário

O "Android vitals" pode ajudar a avaliar as preferências de privacidade e o engajamento dos usuários, informando a porcentagem de permissões negadas que seu app está recebendo. O "Android vitals" mostra, por meio do Play Console, a porcentagem de sessões de permissões diárias durante as quais os usuários negaram as permissões do seu app.

Uma sessão de permissão diária refere-se a um dia em que seu app solicitou pelo menos uma permissão do usuário. Quando o usuário precisa tomar várias decisões para a mesma permissão, apenas a decisão final tomada no fim de uma sessão é registrada.

O "Android vitals" mostra as decisões dos usuários no nível de grupo de permissões. Ele também oferece comparativos entre a posição do seu app e a dos outros principais apps da mesma categoria na Play Store. Para ver informações sobre como o Google Play coleta dados do "Android vitals", consulte a documentação do Play Console.

Práticas recomendadas

Taxas de recusa extraordinariamente altas sugerem que os usuários não acham que a exposição adicional das informações deles compensa os benefícios oferecidos em troca. Há várias maneiras de fazer com que os usuários se sintam mais à vontade usando seu app. Você pode reduzir a taxa de recusa se seguir etapas como as descritas nesta seção. No entanto, não espere levar as taxas de recusa a zero, porque os usuários têm preferências pessoais diferentes e alguns simplesmente não querem conceder permissões em nenhuma circunstância.

Evitar solicitar permissões desnecessárias

Pesquisas mostram que os usuários preferem apps que solicitam menos permissões. Manter as solicitações de permissão em um mínimo necessário pode ajudar a melhorar a confiança do usuário em um app e gerar mais instalações. Por outro lado, o acréscimo de solicitações de permissões desnecessárias pode afetar negativamente a visibilidade do seu app na Play Store. Se permissões específicas não forem necessárias, você poderá reduzir o número de solicitações de permissões do seu app por meio de métodos alternativos. Algumas abordagens comuns estão descritas em Práticas recomendadas de permissões do app.

Exibir a solicitação de permissão no contexto

Permissões não críticas, que são menos intuitivas, podem se beneficiar da explicação no contexto. Isso melhora a compreensão do usuário sobre o valor derivado da permissão. A figura 1 mostra um exemplo de como informar um usuário no contexto.

Figura 1. Explicação uma solicitação de permissão no contexto.

Os usuários entendem melhor a proposta de valor quando o app solicita a permissão no contexto da funcionalidade relacionada. Esse entendimento aprimorado pode convencer mais usuários a conceder solicitações de permissões.

Para mais informações sobre boas diretrizes para instruir usuários e solicitar permissões, consulte o padrão do Material Design para permissões (link em inglês).

Explicar porque seu app precisa da permissão

Comece solicitando sua permissão no contexto: fornecer uma explicação para permissões menos intuitivas ajuda o usuário a compreender melhor a permissão. O método do utilitário shouldShowRequestPermissionRationale retornará verdadeiro se o usuário tiver negado a solicitação anteriormente. Seu app pode usar esse método para determinar quando mostrar a explicação.

Veja mais detalhes sobre como exibir strings de explicação em Solicitar permissões do app.