O Google tem o compromisso de promover a igualdade racial para as comunidades negras. Saiba como.

Vender assinaturas

Este tópico descreve como processar eventos de ciclo de vida da assinatura, como renovações e expirações. Ele também descreve outros recursos de assinatura, como oferecer promoções e permitir que os usuários gerenciem as próprias assinaturas.

Antes de ler este tópico, leia Integrar a Biblioteca do Google Play Faturamento ao seu aplicativo para ver instruções gerais sobre como vender e gerenciar produtos no seu app.

Se você não configurou produtos por assinatura para seu app, consulte Criar e configurar seus produtos.

Como gerenciar o ciclo de vida da assinatura

Uma assinatura pode passar por várias mudanças de estado ao longo do ciclo de vida, e seu app precisa responder a cada uma elas. Para verificar o estado do assinante, seu app pode fazer a consulta usando BillingClient.queryPurchases() na Biblioteca do Google Play Faturamento ou Purchases.subscriptions:get na API Google Play Developer.

BillingClient.queryPurchases() Purchases.subscriptions:get
Estado Será retornada? isAutoRenewing Será retornada? expiryTimeMillis paymentState autoRenewing
Ativa Sim Verdadeiro Sim Futuro 1 (pagamento recebido) Verdadeiro
Cancelada Sim Falso Sim Futuro 1 (pagamento recebido) Falso
Em período de carência Sim Verdadeiro Sim Futuro 0 (pagamento pendente) Verdadeiro
Em espera Não N/A Sim Passado 0 (pagamento pendente) Verdadeiro
Pausado Não N/A Sim Passado 1 (pagamento recebido) Verdadeiro
Vencida Não N/A Sim Passado 1 (pagamento recebido) Falso

Se o app armazenar o estado da assinatura em um servidor de back-end seguro, ele detectará mudanças de estado usando notificações do desenvolvedor em tempo real para garantir que o estado seja sincronizado. Um SubscriptionNotification é enviado para eventos que afetam o estado da assinatura, como renovações e cancelamentos. É necessário chamar a API do desenvolvedor depois de receber notificações do desenvolvedor em tempo real para saber o status completo e atualizar seu próprio estado de back-end. Essas notificações informam apenas que o estado da assinatura foi modificado. Elas não fornecem informações completas sobre o status geral da assinatura.

Seu app precisa processar as mudanças de estado descritas nas seções a seguir.

Novas assinaturas

Siga nossas recomendações para gerenciar novas compras. Quando uma assinatura é comprada, ela é retornada por BillingClient.queryPurchases(), e uma notificação SUBSCRIPTION_PURCHASED é enviada. Ao receber essa notificação, seu app precisa consultar a API Google Play Developer para ver o estado da assinatura mais recente. O recurso de assinatura é semelhante ao seguinte:

{
  "kind": "androidpublisher#subscriptionPurchase",
  ...
  "expiryTimeMillis": next_renewal_date,
  "autoRenewing": true,
  ...
  "paymentState": 1  # Payment received
}

Renovações

Se uma assinatura for renovada, ela continuará sendo retornada por BillingClient.queryPurchases().

Uma notificação SUBSCRIPTION_RENEWED também é enviada quando a assinatura é renovada. Seu app precisa garantir que o usuário ainda tenha a titularidade da assinatura e, em seguida, atualizar o estado dela com o novo expiryTimeMillis fornecido no recurso de assinatura retornado da API Google Play Developer. O recurso de assinatura é semelhante ao seguinte:

{
  "kind": "androidpublisher#subscriptionPurchase",
  ...
  "expiryTimeMillis": updated_expiration_time,
  "autoRenewing": true,
  ...
  "paymentState": 1  # Payment received
}

Expirações

Quando uma assinatura expira, ela não é mais retornada em BillingClient.queryPurchases(), e o usuário perde o acesso a ela.

Uma notificação SUBSCRIPTION_EXPIRED também é enviada quando a assinatura vence. Ao receber essa notificação, seu app precisa consultar a API Google Play Developer para ver o estado da assinatura mais recente. O recurso de assinatura é semelhante ao seguinte:

{
  "kind": "androidpublisher#subscriptionPurchase",
  ...
  "expiryTimeMillis": expiry_time_in_past,
  "autoRenewing": false,
  ...
  "paymentState": 1  # Payment received
}

Cancelamentos

Um usuário poderá cancelar uma assinatura na Play Store por vontade própria ou ter a assinatura cancelada automaticamente se não recuperá-la depois de uma suspensão de conta. Quando um usuário cancela uma assinatura, ele mantém o acesso ao conteúdo até o final do ciclo de faturamento atual. Quando o ciclo de faturamento termina, o acesso é revogado.

Quando uma assinatura é cancelada, mas ainda não expirou, ela é retornada de BillingClient.queryPurchases(). O cancelamento de uma assinatura aciona uma notificação SUBSCRIPTION_CANCELLED. Quando você recebe essa notificação, o recurso de assinatura retornado da API Google Play Developer contém autoRenewing = false, e o expiryTimeMillis contém a data em que o usuário perderá o acesso à assinatura. Se expiryTimeMillis estiver no passado, o usuário perderá a titularidade imediatamente. Caso contrário, o usuário reterá a titularidade até a expiração. O recurso de assinatura é semelhante ao seguinte:

{
  "kind": "androidpublisher#subscriptionPurchase",
  ...
  "expiryTimeMillis": expiry_time,
  "autoRenewing": false,
  ...
  "paymentState": 1  # Payment received
  "cancelReason": integer # Reason the subscription was cancelled: user, billing issue, etc.
}

Seu app pode analisar o cancelReason no recurso de assinatura retornado da API Google Play Developer para saber por que a assinatura foi cancelada (por exemplo, se o cliente cancelou ou houve problemas de faturamento). Se a assinatura tiver sido cancelada pelo usuário, o app poderá analisar o campo cancelSurveyResult para saber por que o usuário a cancelou.

Seu app pode exibir uma mensagem informando ao usuário que a assinatura foi cancelada, como "Sua assinatura expirará em uma data". O app também pode criar um link direto para a Google Play Store para permitir que os usuários restaurem a assinatura.

Se você exibir essa mensagem, também precisará oferecer aos usuários a possibilidade de dispensá-la permanentemente.

Observe também que as mensagens de cancelamento podem frustrar os usuários, sobretudo os que cancelaram uma assinatura manualmente, em vez de terem a assinatura cancelada porque o pagamento estava desatualizado. Você pode optar por não informar os usuários que cancelaram manualmente uma assinatura.

Revogações

Uma assinatura pode ser revogada por um usuário por vários motivos, incluindo a revogação pelo app usando Purchases.subscriptions:revoke ou devido ao estorno da compra. Nessa situação, seu app precisa revogar imediatamente a titularidade do usuário. Uma assinatura revogada não é mais retornada de BillingClient.queryPurchases(). Uma notificação SUBSCRIPTION_REVOKED também é enviada quando isso ocorre. Quando você recebe essa notificação, o recurso de assinatura retornado da API Google Play Developer contém autoRenewing = false, e o expiryTimeMillis contém a data em que o usuário perderá o acesso à assinatura. O recurso de assinatura é semelhante ao seguinte:

{
  "kind": "androidpublisher#subscriptionPurchase",
  ...
  "expiryTimeMillis": expiry_time_in_past,
  "autoRenewing": false,
  ...
  "paymentState": 1  # Payment received
}

Suspensão de conta

A suspensão de conta é um estado de assinatura que começa quando a forma de pagamento de um usuário falha e qualquer período de carência associado termina sem a resolução do pagamento. Quando uma assinatura entra na suspensão de conta, é necessário bloquear o acesso ao seu conteúdo ou serviço. O período de suspensão de conta dura até 30 dias.

Para ativar a suspensão de conta, faça o seguinte:

  1. Faça login no Google Play Console.
  2. Selecione seu app.
  3. No menu à esquerda, escolha Presença na loja > Produtos no aplicativo.
  4. Selecione a guia Assinaturas e expanda a seção Configurações de assinatura.
  5. Marque Ativar a suspensão de conta.

Durante a suspensão de conta, a assinatura não é retornada por BillingClient.queryPurchases().

Durante a suspensão da conta, você precisa gerenciar cancelamentos, restaurações ou recompras das suas assinaturas conforme necessário.

Quando um usuário entrar na suspensão de conta, use as notificações do desenvolvedor em tempo real para informar ao usuário por que o acesso à assinatura foi suspenso. No seu app, forneça uma mensagem com instruções de como corrigir a forma de pagamento e recuperar o acesso à assinatura. Sua mensagem precisa incluir um link para as configurações de assinatura do Google Play para que eles possam corrigir a forma de pagamento. Por exemplo, você pode usar uma mensagem semelhante a esta:

"There is a problem with your subscription. Click here to go to the
Google Play subscription settings to fix your payment method."

Se os usuários puderem acessar o conteúdo da assinatura fora do app, envie uma notificação push ou um e-mail a eles para informar que a assinatura não está mais ativa.

Se o cliente tiver corrigido o problema de pagamento, você poderá exibir uma mensagem no aplicativo informando aos usuários quando a assinatura foi restaurada. Por exemplo, você pode usar uma mensagem semelhante a esta:

"Your form of payment was updated, and your subscription has
been recovered."

Com as notificações do desenvolvedor em tempo real, você recebe uma notificação SUBSCRIPTION_ON_HOLD quando uma assinatura entra em suspensão de conta. Chame a API Google Play Developer do seu servidor de back-end seguro para recuperar as novas informações da assinatura. Durante a suspensão da conta, o expiryTimeMillis do recurso de assinatura é definido como um carimbo de data/hora passado, e paymentState é definido como 0:

{
  "kind": "androidpublisher#subscriptionPurchase",
  ...
  "expiryTimeMillis": timestamp_in_past,
  "autoRenewing": true,
  ...
  "paymentState": 0  # Payment pending
}

Depois que o usuário corrige a forma de pagamento, a assinatura retorna a um estado ativo, e você precisa restaurar o acesso ao conteúdo assinado.

Se seu app depender apenas de queryPurchases() para determinar se um usuário tem a titularidade de uma assinatura, o app processará automaticamente a recuperação da assinatura da suspensão de conta.

Se o app sincronizar o estado da assinatura com um back-end, ele ouvirá a notificação SUBSCRIPTION_RECOVERED quando uma assinatura for recuperada, e o usuário recuperará o acesso. Se você consultar uma assinatura depois de receber essa notificação, expiryTimeMillis estará definido como um carimbo de data/hora no futuro, e paymentState será 1:

{
  "kind": "androidpublisher#subscriptionPurchase",
  ...
  "expiryTimeMillis": timestamp_in_future,
  "autoRenewing": true,
  ...
  "paymentState": 1  # Payment received
}

Se o usuário não corrigir a forma de pagamento antes do término do período de suspensão de conta, você receberá uma notificação do desenvolvedor em tempo real SUBSCRIPTION_CANCELLED. Para instruções sobre o processamento de cancelamentos, consulte cancelamentos de assinaturas. Quando você consulta a assinatura cancelada dessa maneira, o expiryTimeMillis retornado é definido como um carimbo de data/hora no passado, e cancelReason tem um valor 1:

{
  "kind": "androidpublisher#subscriptionPurchase",
  ...
  "expiryTimeMillis": timestamp_in_past,
  "autoRenewing": false,
  ...
  "cancelReason": 1  # The system cancelled the subscription
}

Período de carência

Em caso de problemas com o pagamento no final de um ciclo de faturamento, as assinaturas entrarão em um período de carência se ele estiver ativado. Durante esse período, o usuário ainda terá acesso à assinatura enquanto o Google Play tenta renová-la. É possível especificar a duração de um período de carência nas configurações do produto no aplicativo no Google Play Console.

Se seu app depender apenas de queryPurchases() para verificar se um usuário tem a titularidade de uma assinatura, o app processará automaticamente o período de carência, enquanto queryPurchases() continua retornando compras canceladas antes da data de validade.

Se o app sincronizar o estado da assinatura com um back-end, ele ouvirá a notificação do desenvolvedor em tempo real SUBSCRIPTION_IN_GRACE_PERIOD quando o usuário entrar em um período de carência. Enquanto o usuário está em um período de carência, o recurso de assinatura contém autoRenewing = true e paymentState = 0 (ou seja, pendente).

{
  "kind": "androidpublisher#subscriptionPurchase",
  ...
  "expiryTimeMillis": timestamp_in_future,
  "autoRenewing": true,
  ...
  "paymentState": 0  # Payment pending
}

Quando um usuário entrar em um período de carência, exiba uma mensagem no seu app que informe como corrigir a forma de pagamento. Caso contrário, o usuário perderá o acesso à assinatura quando o período de carência terminar. Essa mensagem pode conter um link direto para a Google Play Store para ajudar o usuário a gerenciar a assinatura.

Assim que o usuário corrige a forma de pagamento, a assinatura é renovada e seu app pode processar a renovação, conforme descrito em Renovações.

Se o usuário não corrigir a forma de pagamento durante o período de carência, a assinatura entrará em suspensão de conta se isso estiver ativado. Caso contrário, a assinatura será cancelada.

Assinaturas pausadas

Você pode evitar o desligamento voluntário de usuários permitindo que eles pausem a assinatura. Quando o recurso de pausa é ativado, os usuários podem optar por pausar a assinatura por um período entre uma semana e três meses, dependendo do período recorrente. Depois de ativada, a opção de pausa aparece no centro de assinaturas e no fluxo de cancelamento. As assinaturas anuais não podem ser pausadas, e os limites de pausa de uma semana e três meses estão sujeitos a mudanças a qualquer momento.

Para permitir que os usuários pausem a assinatura, faça o seguinte:

  1. Faça login no Google Play Console.
  2. Selecione seu app e acesse Presença na loja > Produtos no aplicativo > Assinaturas.
  3. Abra a seção Configurações de assinatura.
  4. Marque Ativar pausa.

Uma pausa de assinatura entra em vigor somente após o término do período de faturamento atual. Enquanto a assinatura estiver em pausa, o usuário não terá acesso a ela. No final do período de pausa, a assinatura será retomada, e o Google tentará fazer a renovação. Se a retomada for bem-sucedida, a assinatura será reativada. Se a retomada falhar devido a um problema de pagamento, o usuário entrará no estado de suspensão da conta, conforme mostrado na Figura 6:

Um usuário faz uma pausa na assinatura, e a conta entra no estado de suspensão.
Figura 6. Um usuário faz uma pausa na assinatura, e a conta entra no estado de suspensão.

Um usuário também pode optar por retomar manualmente uma assinatura a qualquer momento durante o período de pausa, conforme mostrado na Figura 7. Quando um usuário retoma manualmente, a data de faturamento muda para a data de retomada manual.

Um usuário faz uma pausa e, em seguida, retoma a assinatura.
Figura 7. Um usuário faz uma pausa e, em seguida, retoma a assinatura.

Quando a assinatura de um usuário é pausada, ela não é retornada por queryPurchases(). Se a assinatura for retomada, ela será retornada por queryPurchases().

Se o app sincronizar o estado da assinatura com um servidor de back-end seguro, ele ouvirá as notificações do desenvolvedor em tempo real para manter o estado. Essas notificações também permitem que você informe seus usuários no app de que eles pausaram a assinatura e não têm acesso a ela. Você também precisa fornecer uma maneira para o usuário retomar manualmente a assinatura usando um link direto para o Google Play.

Uma notificação do desenvolvedor em tempo real SUBSCRIPTION_PAUSE_SCHEDULE_CHANGED é enviada quando o usuário inicia uma pausa na assinatura. Nesse momento, o usuário mantém o acesso à assinatura, e o recurso de assinatura contém autoRenewing = true, paymentState = 1 (pagamento recebido) e valores futuros para expiryTimeMillis e autoResumeTimeMillis.

Uma notificação do desenvolvedor em tempo real SUBSCRIPTION_PAUSED é enviada quando a pausa entra em vigor. Nesse momento, o usuário mantém o acesso à assinatura, e o recurso de assinatura contém autoRenewing = true e paymentState = 0 (pendente), um valor futuro para autoResumeTimeMillis e um valor passado para expiryTimeMillis.

Uma notificação do desenvolvedor em tempo real SUBSCRIPTION_RENEWED será enviada se a assinatura for retomada automaticamente no final do período de pausa ou se o usuário optar por retomar a assinatura manualmente. Isso precisa ser processado conforme descrito em renovações.

Uma notificação do desenvolvedor em tempo real SUBSCRIPTION_ON_HOLD será enviada se houver uma falha no pagamento ao tentar retomar a assinatura. Isso precisa ser processado conforme descrito na seção de suspensão de conta.

Restaurações

Uma assinatura cancelada permanecerá visível no app Play Store até a data de validade. Um usuário pode restaurar uma assinatura cancelada antes que ela expire clicando em RESTAURAR na seção Assinaturas do app Google Play Store.

Seção
Figura 1. Seção Conta > Assinaturas no app Google Play Store.

Se seu app depender apenas de queryPurchases() para determinar se um usuário tem a titularidade de uma assinatura, o app processará automaticamente o período de carência, enquanto queryPurchases() continua retornando compras canceladas antes da data de validade. Uma assinatura restaurada continua sendo renovada como se não tivesse sido cancelada.

Se o app sincronizar o estado da assinatura com um back-end, ele ouvirá a notificação do desenvolvedor em tempo real SUBSCRIPTION_RESTARTED. Depois que ela for recebida, o app poderá responder à notificação, registrar que a assinatura está configurada para ser renovada e parar de exibir mensagens de restauração no app. O recurso de assinatura é semelhante ao seguinte:

{
  "kind": "androidpublisher#subscriptionPurchase",
  ...
  "expiryTimeMillis": expiry_time_in_future,
  "autoRenewing": true,
  ...
  "paymentState": 1  # Payment received
}

Upgrades, downgrades e novas assinaturas

Quando um usuário faz upgrade, downgrade ou reativações de assinatura, a assinatura antiga é invalidada, e uma nova assinatura é criada com um novo token de compra.

Além disso, o recurso de assinatura retornado da API Google Play Developer conterá um linkedPurchaseToken, que indica a compra antiga a partir da qual o usuário fez upgrade, downgrade ou a reativação da assinatura. Você pode usar o linkedPurchaseToken para procurar a assinatura antiga e identificar a conta de usuário existente para que seja possível associar a nova compra à mesma conta. Também recomendamos que você use a API Google Play Developer para confirmar a compra e reduzir a dificuldade para o usuário. O recurso de assinatura é semelhante ao seguinte:

{
  "kind": "androidpublisher#subscriptionPurchase",
  ...
  "expiryTimeMillis": next_renewal_date,
  "autoRenewing": true,
  "linkedPurchaseToken": old_purchase_token
  ...
  "paymentState": 1  # Payment received
}

Como desenvolvedor, você precisa facilitar o gerenciamento da assinatura dos seus clientes. Seu app precisa incluir um link em uma tela de configurações ou preferências que permita aos usuários gerenciar as assinaturas. Veja um exemplo desse link na Figura 2.

O botão
Figura 2. O botão Assinaturas do Google Play é um exemplo de link "Gerenciar assinaturas".

No gerenciador de cliques desse link, adicione uma lógica para determinar se o usuário tem assinaturas não vencidas do seu app, em que expiryTimeMillis esteja no futuro ou autoRenewing esteja definido como true.

O SKU de cada assinatura corresponde ao ID do produto que você atribuiu a ele quando foi criado no Play Console. Para determinar programaticamente o SKU de uma assinatura existente, consulte o back-end do app e veja a lista de assinaturas associadas a um usuário específico.

Se o usuário tiver uma assinatura não vencida, direcione-o para um URL semelhante ao seguinte, substituindo "your-sub-product-id" e "your-app-package" pelo ID da assinatura e pelas informações do pacote do aplicativo:

https://play.google.com/store/account/subscriptions?sku=your-sub-product-id&package=your-app-package

Se um usuário não tiver assinaturas vencidas no seu app, use o seguinte URL para direcioná-lo à página que mostra todas as outras assinaturas, conforme mostrado nas figuras 3 e 4:

https://play.google.com/store/account/subscriptions
A tela de assinaturas da Play Store mostra o status de todas
            as assinaturas de um usuário.
Figura 3. A tela de assinaturas da Play Store mostra o status de todas as assinaturas de um usuário.
Toque em uma assinatura para ver mais detalhes.
Figura 4. Toque em uma assinatura para ver mais detalhes.

Você pode encontrar um código de exemplo para a lógica do link de assinatura no aplicativo de exemplo Classy Taxi (link em inglês).

Permitir que os usuários façam upgrade, downgrade ou modifiquem a assinatura

Você pode oferecer aos usuários diferentes níveis de assinatura, como um nível básico e um nível premium. A Figura 5 mostra uma tela que oferece dois níveis de assinatura:

Este app contém dois níveis de assinatura
Figura 5. Este app tem dois níveis de assinatura.

É necessário que os usuários possam acessar uma tela semelhante à Figura 5 para fazer upgrade ou downgrade de uma assinatura. Ao fazer upgrade ou downgrade de uma assinatura, você pode definir o modo de cálculo proporcional ou como a mudança afeta os assinantes. A tabela a seguir lista os modos de cálculo proporcional disponíveis:

Modo de cálculo proporcionalDescrição
IMMEDIATE_WITH_TIME_PRORATION A assinatura recebe upgrade ou downgrade imediatamente. Qualquer tempo restante é ajustado com base na diferença de preço e creditado à nova assinatura, adiando a próxima data de faturamento. Esse é o comportamento padrão.
IMMEDIATE_AND_CHARGE_PRORATED_PRICE A assinatura recebe upgrade imediatamente, e o ciclo de faturamento permanece o mesmo. A diferença de preço referente ao período restante é cobrada do usuário.
IMMEDIATE_WITHOUT_PRORATION A assinatura é recebe upgrade ou downgrade imediatamente, e o novo preço é cobrado quando a assinatura é renovada. O ciclo de faturamento permanece o mesmo.
DEFERRED A assinatura só recebe upgrade ou downgrade quando ela é renovada.

Exemplos de cálculo proporcional

Para entender como cada modo de cálculo proporcional funciona, considere o seguinte cenário:

Paulo tem uma assinatura de conteúdo on-line do app Country Gardener. Atualmente, trata-se da assinatura mensal da versão de Nível 1 do conteúdo, que tem apenas texto. Essa assinatura custa R$ 2/mês e é renovada no primeiro dia do mês.

Em 15 de abril, Paulo optou por fazer upgrade para a versão anual do Nível 2, que inclui atualizações de vídeo e custa R$ 36/ano.

Ao fazer upgrade da assinatura, o desenvolvedor seleciona um modo de cálculo proporcional. A lista a seguir descreve como cada modo de cálculo proporcional afeta a assinatura de Paulo.

IMMEDIATE_WITH_TIME_PRORATION
A assinatura do Nível 1 de Paulo termina imediatamente. Como o pagamento vale por um mês inteiro (de 1º a 30 de abril), mas Paulo usou apenas metade desse período, metade da assinatura de um mês (R$ 1) é aplicada à nova assinatura. No entanto, como a nova assinatura custa R$ 36 por ano, o saldo de crédito de R$ 1 paga por apenas 10 dias (16 a 25 de abril). Então, no dia 26 de abril, será cobrado R$ 36 por uma nova assinatura e outros R$ 36 em 26 de abril de cada ano seguinte.
IMMEDIATE_AND_CHARGE_PRORATED_PRICE
Esse modo pode ser usado porque o preço da assinatura do Nível 2 por unidade de tempo (R$ 36/ano = R$ 3/mês) é maior que o preço da assinatura do Nível 1 por unidade e tempo (R$ 2/mês). A assinatura do Nível 1 de Paulo é encerrada imediatamente. Como ele pagou por um mês inteiro, mas usou apenas metade disso, metade da assinatura de um mês (R$ 1) é aplicada à nova assinatura. No entanto, como essa nova assinatura custa R$ 36/ano, os 15 dias restantes custam R$ 1,50. Assim, ele recebe a cobrança da diferença de R$ 0,50 pela nova assinatura e dos outros R$ 35,50 em 1º de maio. Depois disso, será cobrada uma taxa de R$ 36 por ano.
IMMEDIATE_WITHOUT_PRORATION
A assinatura do Nível 1 de Paulo recebe imediatamente upgrade para o Nível 2, sem nenhum custo extra. Em 1º de maio, são cobrados R$ 36 pelo novo nível de assinatura, e outros R$ 36 no dia 1º de maio de cada ano.
DEFERRED
A assinatura do Nível 1 de Paulo continua até a expiração, em 30 de abril. No dia 1º de maio, a assinatura do Nível 2 entra em vigor, e Paulo recebe uma cobrança de R$ 36 pelo novo nível de assinatura.

Ao escolher um modo de cálculo proporcional, revise nossas recomendações de cálculo proporcional.

Seu app pode oferecer um upgrade ou downgrade aos usuários usando as mesmas etapas para iniciar um fluxo de compra. No entanto, ao fazer upgrade ou downgrade, você precisa fornecer detalhes sobre a assinatura atual, a assinatura futura (upgrade ou downgrade) e o modo de cálculo proporcional a ser usado, conforme mostrado no exemplo a seguir:

Kotlin

// Retrieve a value for "skuDetails" by calling querySkuDetailsAsync()
val flowParams = BillingFlowParams.newBuilder()
        .setOldSku(previousSku, purchaseTokenOfOriginalSubscription)
        .setReplaceSkusProrationMode(desiredProrationMode)
        .setSkuDetails(upgradeOrDowngradeSkuDetails)
        .build();
val responseCode = billingClient.launchBillingFlow(activity, flowParams)

Java

// Retrieve a value for "skuDetails" by calling querySkuDetailsAsync()
BillingFlowParams billingFlowParams = BillingFlowParams.newBuilder()
        .setOldSku(previousSku, purchaseTokenOfOriginalSubscription)
        .setReplaceSkusProrationMode(desiredProrationMode)
        .setSkuDetails(upgradeOrDowngradeSkuDetails)
        .build();
int responseCode = billingClient.launchBillingFlow(billingFlowParams);

Para os modos de cálculo proporcional imediato, o app recebe a nova compra no PurchasesUpdatedListener. A compra também está disponível em BillingClient.queryPurchases(). Ao receber o token de compra, siga o mesmo processo de verificação usado para um novo token. Confirme essas compras com BillingClient.acknowledgePurchase() na Biblioteca do Google Play Faturamento ou Purchases.subscriptions:acknowledge na API Google Play Developer.

A API Google Play Developer retorna um linkedPurchaseToken no recurso de assinatura. Invalide o token fornecido no linkedPurchaseToken para garantir que o token antigo não seja usado para acessar seus serviços. Para informações sobre como processar compras de upgrade e downgrade, consulte Usar linkedPurchaseToken para processar upgrades, downgrades e novas assinaturas.

No modo de substituição adiada, seu app recebe uma chamada para o PurchasesUpdatedListener com uma lista vazia de compras e um status do sucesso do upgrade ou downgrade. Até que a substituição entre em vigor, BillingClient.queryPurchases() continua retornando a compra do plano de assinatura original. Quando o novo plano entra em vigor, queryPurchases() retorna os dados de compra da nova assinatura, e uma notificação SUBSCRIPTION_RENEWED é enviada ao servidor de back-end seguro. Para substituições adiadas, é altamente recomendável ouvir essa notificação e confirmar a compra usando Purchases.subscriptions:acknowledge. O linkedPurchaseToken no recurso de assinatura pode ser usado para determinar qual usuário no back-end da assinatura, se aplicável, será atualizado com a nova titularidade. Seu app não pode depender de que o usuário abra o app e confirme via BillingClient.acknowledgePurchase(), já que o usuário pode não abrir o app em até três dias após a mudança do plano entrar em vigor.

Fazer upgrade com um teste gratuito ou ofertas de preço inicial

As configurações de qualificação para teste gratuito se aplicam quando um usuário faz upgrade ou downgrade. É possível ajustar as configurações de qualificação para teste gratuito no Google Play Console.

Observe o seguinte:

  • Se os usuários puderem receber apenas um teste gratuito em todas as assinaturas disponíveis no seu app, o novo plano que o usuário está adotando não terá teste gratuito nem preço inicial.
  • Se você oferecer um teste gratuito para cada produto por assinatura, o novo plano que o usuário está adotando poderá ter um teste gratuito ou preço inicial.

A tabela a seguir descreve o comportamento de cada modo de cálculo proporcional se os planos novos e antigos tiverem um teste gratuito e o usuário estiver fazendo upgrade durante esse teste:

Um teste gratuito por app Um teste gratuito para cada produto por assinatura
IMMEDIATE_WITH_TIME_PRORATION O usuário perde o teste gratuito imediatamente. O período de teste gratuito restante é convertido em um período gratuito equivalente do novo nível com base na diferença de preço. O usuário perde o teste gratuito anterior, mas inicia imediatamente um novo teste. Além disso, o período de teste gratuito restante do nível antigo é convertido em um período gratuito equivalente do novo nível e adicionado ao novo teste gratuito.
IMMEDIATE_AND_CHARGE_PRORATED_PRICE

O usuário perde o teste gratuito imediatamente. A diferença de preço referente ao período restante é cobrada do usuário. A próxima data de faturamento permanece inalterada.

Observação: essa opção está disponível apenas para um upgrade de assinatura, em que o preço por unidade de tempo aumenta.

IMMEDIATE_WITHOUT_PRORATION O usuário é atualizado imediatamente para o novo nível. O usuário mantém o acesso ao teste gratuito para o novo nível até o final do período de faturamento anterior.
DEFERRED O usuário mantém o acesso ao teste gratuito da assinatura antiga até a próxima data de faturamento.

Para entender como as transições de teste gratuito funcionam no caso padrão de um teste gratuito por app, considere o seguinte cenário:

Maria tem uma assinatura de conteúdo on-line do app Country Gardener. Atualmente, trata-se da assinatura mensal da versão de Nível 1 do conteúdo, que tem apenas texto. Essa assinatura custa R$ 10/mês, e ela assinou no dia 1º de abril. Ela está aproveitando um teste gratuito de 30 dias como assinante pela primeira vez, o que significa que o primeiro pagamento será feito em 1º de maio.

Em 15 de abril, Maria decide fazer upgrade para a assinatura de Nível 2, que inclui atualizações de vídeo e custa R$ 20/mês. Essa segunda assinatura também tem um teste de 30 dias.

A lista a seguir descreve a transição do teste gratuito para cada modo de cálculo proporcional:

  • IMMEDIATE_WITH_TIME_PRORATION: Maria é atualizada para o Nível 2 imediatamente. Como Maria fez upgrade na metade do período de assinatura, metade da assinatura mensal (15 dias, no valor de R$10/mês) é aplicada à nova assinatura. No entanto, como essa nova assinatura custa R$ 20/mês, o saldo de 15 dias paga apenas por 7,5 dias. Maria não está qualificada para outro teste gratuito do Nível 2. Portanto, a partir de 22 de abril, ela receberá uma cobrança mensal de R$ 20.
  • IMMEDIATE_AND_CHARGE_PRORATED_PRICE: este modo pode ser usado porque o preço da assinatura de Nível 2 por unidade de tempo (R$ 20/mês) é maior que o preço da assinatura de Nível 1 por unidade de tempo (R$ 10/mês). A assinatura do Nível 1 de Maria é atualizada imediatamente para o Nível 2, e ela perde o teste gratuito. Como a próxima data de faturamento de Maria era 1º de maio, ela recebeu uma cobrança de R$10 para cobrir a segunda metade de abril. A partir de 1º de maio, ela receberá uma cobrança de R$20 todo mês.
  • IMMEDIATE_WITHOUT_PRORATION: a assinatura do Nível 1 de Maria é atualizada imediatamente para o Nível 2. Maria continua com o teste gratuito até 30 de abril e agora tem acesso ao conteúdo do Nível 2. Desde 1º de maio, ela recebe uma cobrança de R$ $20 ao mês.
  • DEFERRED: a assinatura do Nível 1 de Maria continua até o próximo pagamento, em 1º de maio. Em 1º de maio, a assinatura do Nível 2 entra em vigor, e a cobrança de R$20 é feita no primeiro dia de cada mês.

A lista a seguir descreve o comportamento de transição se o desenvolvedor permitir um teste gratuito por assinatura:

  • IMMEDIATE_WITH_TIME_PRORATION: Maria é atualizada para o Nível 2 imediatamente. Como Maria fez upgrade na metade do período de assinatura, metade da assinatura mensal (15 dias, no valor de R$ 10/mês) é aplicada à nova assinatura. No entanto, como essa nova assinatura custa R$ 20/mês, o saldo de 15 dias paga apenas por 7,5 dias. Maria está qualificada para outro teste gratuito do Nível 2. Portanto, ela não é cobrada pelos outros 37,5 dias. A partir de 22 de maio, ela recebe uma cobrança de R$ 20 ao mês.
  • IMMEDIATE_AND_CHARGE_PRORATED_PRICE: este modo pode ser usado porque o preço da assinatura de Nível 2 por unidade de tempo (R$ 20/mês) é maior que o preço da assinatura de Nível 1 por unidade de tempo (R$ 10/mês). A assinatura do Nível 1 de Maria é atualizada imediatamente para o Nível 2, e ela perde o teste gratuito. Como a próxima data de faturamento de Maria era 1º de maio, ela recebeu uma cobrança de R$10 para cobrir a segunda metade de abril. A partir de 1º de maio, ela receberá uma cobrança de R$20 todo mês.
  • IMMEDIATE_WITHOUT_PRORATION: a assinatura do Nível 1 de Maria é atualizada imediatamente para o Nível 2. Maria mantém o teste gratuito até 30 de abril e agora tem acesso a *
  • DEFERRED: a assinatura do Nível 1 de Maria continua até o próximo pagamento, em 1º de maio. Em 1º de maio, a assinatura do Nível 2 entra em vigor, e a cobrança de R$20 é feita no primeiro dia de cada mês.

Recomendações de cálculo proporcional

A tabela a seguir mostra diferentes cenários de cálculo proporcional e o que recomendamos para cada um deles:

Cenário Modo de cálculo proporcional recomendado Resultado
Upgrade para um nível mais caro IMMEDIATE_AND_CHARGE_PRORATED_PRICE O usuário recebe acesso imediatamente, mantendo o mesmo período de faturamento.
Downgrade para um nível mais barato DEFERRED O usuário já pagou pelo nível mais caro, então manterá o acesso até a próxima data de faturamento.
Mudança de período recorrente no mesmo nível (por exemplo, mensal para anual) DEFERRED O usuário pagará o novo preço recorrente na próxima data de faturamento.
Upgrade durante o teste gratuito, mantendo o teste IMMEDIATE_WITHOUT_PRORATION O usuário mantém o acesso ao teste gratuito, mas faz upgrade para um nível superior pelo restante do teste.
Upgrade durante o teste gratuito: finalizar o acesso ao teste gratuito IMMEDIATE_AND_CHARGE_PRORATED_PRICE O usuário recebe acesso ao novo nível imediatamente, mas não tem mais o teste gratuito.

Como reativar a assinatura

Os usuários podem reativar a assinatura em vários cenários:

  • Antes da expiração, os usuários podem comprar a mesma assinatura no seu app. Isso gera um novo token de compra e uma nova assinatura.
  • Antes da expiração da assinatura, os usuários podem restaurá-la na central de assinaturas do Google Play. Isso mantém o mesmo token de compra e assinatura.
  • Depois que a assinatura expirar, os usuários também poderão comprar o mesmo SKU até um ano após a expiração por meio da Central de assinaturas do Google Play. Isso gera um novo token de compra e assinatura.

Antes da expiração da assinatura

Os usuários podem reativar uma assinatura cancelada, mesmo que ela ainda não tenha expirado. É possível permitir que eles reativem a assinatura dentro do seu app aplicando o mesmo fluxo de compra de produto no aplicativo à assinatura cancelada (com o mesmo ID do produto).

A nova assinatura substitui a antiga e será renovada na mesma data de validade. Como exemplo, Ana tem uma assinatura do app de Example Music, e a assinatura expira no dia 1º de agosto. Em 10 de julho, ela reative a assinatura de um mês pelo mesmo preço mensal. A nova assinatura é proporcional ao crédito restante, fica imediatamente ativa e ainda é renovada em 1º de agosto.

É necessário exibir uma IU apropriada para reativar a assinatura:

  • Se um usuário não tiver uma assinatura ativa, o app precisará ter um botão para comprar uma nova assinatura. O texto do botão pode ser algo como "Comprar" ou "Adquirir".
  • Se o usuário tiver uma assinatura cancelada, o app poderá ter um botão "Assinar de novo".

Quando você receber o token, processe a compra como faria com uma nova assinatura. Além disso, a API Google Play Developer retorna um linkedPurchaseToken no recurso de assinatura. Invalide o token fornecido no linkedPurchaseToken para garantir que o token antigo não seja usado para acessar seus serviços.

Após a expiração da assinatura

Se você estiver usando a versão 2.0 ou mais recente da Biblioteca de Faturamento, seus usuários poderão comprar novamente uma assinatura expirada por até um ano após o vencimento na Central de assinaturas do Google Play. Como essas compras são feitas fora do seu app, verifique se ele pode processar as compras corretamente.

Nesse cenário, como os usuários podem receber apenas um teste gratuito para cada produto por assinatura ou em todas as assinaturas disponíveis no seu app, quando um usuário se inscrever novamente na central de assinaturas, ele não estará qualificado para nenhum teste gratuito ou preço inicial.

Siga as práticas recomendadas para processar reativações de assinatura em Usar linkPurchaseToken para processar upgrades de assinatura, downgrades e novas assinaturas.

Esse recurso precisa estar ativado para cada SKU no seu catálogo. Consulte a Central de Ajuda do Console para saber como ativar esse recurso.

Testes gratuitos e preços iniciais

Seu app pode oferecer testes gratuitos e preços iniciais para incentivar os clientes a testá-lo.

Teste gratuito

Você pode permitir que os usuários testem uma assinatura antes que façam um pagamento. Os testes gratuitos têm um período especificado e são convertidos em assinaturas completas automaticamente quando esse período termina. Essas assinaturas convertidas usam o mesmo período e preço que as assinaturas comuns. Você pode configurar um teste gratuito para qualquer tipo de assinatura.

Para iniciar um teste gratuito, os usuários precisam concluir o processo padrão de compra de assinaturas no Google Play. Se um usuário estiver qualificado para um teste gratuito, ele não será cobrado durante o teste e será notificado por e-mail de que a assinatura inclui um período de teste gratuito. O Google Play registrará uma transação de R$ 0,00, e a assinatura ficará marcada como comprada durante o período de avaliação ou até o cancelamento.

O Google Play verifica se o usuário tem uma forma de pagamento válida antes de iniciar o teste gratuito. Alguns usuários podem ver essa verificação como uma retensão ou cobrança na forma de pagamento deles. A retenção ou cobrança é temporária e será revertida ou reembolsada posteriormente.

Após o término do período de avaliação, a forma de pagamento do usuário recebe uma cobrança pelo valor total da assinatura.

Se um usuário cancelar uma assinatura a qualquer momento durante o período de teste gratuito, ela permanecerá ativa até o final desse período e não será cobrada quando ele terminar.

Por padrão, os usuários podem receber apenas um teste gratuito em todas as assinaturas disponíveis no seu app. Se você quiser fornecer um teste gratuito por produto de assinatura, modifique a configuração correspondente no Google Play Console.

Para adicionar um teste gratuito a uma assinatura, consulte as instruções de teste gratuito na Central de Ajuda do Google Play.

Eventos do ciclo de vida de uma assinatura com teste gratuito funcionam da mesma maneira que em uma assinatura sem o teste. A única diferença é que o período de renovação pode ser diferente do intervalo de renovação regular da assinatura.

Ao mostrar aos usuários produtos disponíveis para venda, você pode usar o método SkuDetails.getFreeTrialPeriod() para indicar que um teste gratuito está disponível para um produto.

Se uma assinatura tiver sido comprada com um teste gratuito, a assinatura retornada da API Google Play Developer terá paymentState = 2 (teste gratuito). Se a assinatura for renovada, o paymentState mudará para 1 (pagamento recebido).

Preço inicial

Assim como nos testes gratuitos, seu app pode oferecer preços iniciais para incentivar os usuários a testá-lo. Para saber mais sobre os preços iniciais e como ativá-los, consulte Criar uma assinatura.

Eventos do ciclo de vida de uma assinatura que tenha preços iniciais funcionam da mesma maneira que em uma assinatura sem preços iniciais. A única diferença é que o período de renovação pode ser diferente do intervalo de renovação regular da assinatura.

Ao mostrar aos usuários produtos disponíveis para venda, você pode usar SkuDetails.getIntroductoryPrice() e métodos relacionados para indicar ao usuário que o preço inicial está disponível para a assinatura.

Promover sua assinatura

É possível criar códigos promocionais para dar a usuários selecionados um teste gratuito estendido de um SKU de assinatura existente. Para saber mais, consulte Códigos promocionais.

Gestão de clientes

Cancelar, reembolsar ou revogar

Você pode usar a API Google Play Developer para cancelar, reembolsar ou revogar uma assinatura. Essa funcionalidade também está disponível no Google Play Console.

  • Cancelar: os usuários podem cancelar uma assinatura no Google Play. Você também pode fornecer uma opção para os usuários cancelarem no seu app ou site. Seu app precisa processar esses cancelamentos conforme descrito em Revogações.
  • Reembolso: quando você faz um reembolso, o usuário pode continuar usando a assinatura. Os reembolsos poderão ser usados se, por exemplo, tiver ocorrido um erro técnico que impediu o usuário de acessar seu produto, mas o erro foi resolvido. Para reembolsar mais do que o pagamento mais recente ou emitir um reembolso parcial, use o Google Play Console.
  • Revogar: quando você revoga a assinatura, o usuário perde imediatamente o acesso a ela. Isso poderá ser usado se, por exemplo, tiver ocorrido um erro técnico que impediu o usuário de acessar seu produto e ele não quiser continuar a usá-lo. Seu app precisa processar esses cancelamentos conforme descrito em Revogações.

A tabela a seguir ilustra as diferenças entre cancelamento, reembolso e revogação.

Interrompe a renovação Reembolsa dinheiro Revoga o acesso
Cancelar Sim Não Não
Reembolsar Não Sim Não
Revogar Sim Sim Sim

Adiar o faturamento de um assinante

É possível adiar a próxima data de faturamento de um assinante usando Purchases.subscriptions:defer da API Google Play Developer. Durante o período de adiamento, o usuário está inscrito no conteúdo com acesso total, mas não é cobrado. A data de renovação da assinatura é atualizada para a nova data.

O faturamento adiado permite o seguinte:

  • Dar aos usuários acesso gratuito como oferta especial, por exemplo, oferecer uma semana gratuita para a compra de um filme.
  • Dar acesso gratuito aos clientes como um gesto de boa vontade.

O faturamento pode ser adiado de um dia a um ano por chamada de API. Para adiar ainda mais o faturamento, chame a API novamente antes da nova data de faturamento.

Por exemplo, Daniela tem uma assinatura mensal de conteúdo on-line para o aplicativo Fishing Quarterly. Normalmente, ela recebe uma cobrança de R$ 1,25 no primeiro dia de cada mês. Em março, ela participou de uma pesquisa on-line para o editor do app. O editor a recompensou com seis semanas gratuitas, adiando o próximo pagamento até 15 de maio, o que corresponde a seis semanas após a data de faturamento anteriormente agendada para 1º de abril. Daniela não é cobrada em abril ou no início de maio e ainda tem acesso ao conteúdo. Em 15 de maio, ela é cobrada pela taxa de assinatura normal de R$ 1,25 para o mês. Agora, a próxima data de renovação é 15 de junho.

Ao adiar, você pode notificar o usuário por e-mail ou no aplicativo para informá-lo de que a data de faturamento foi modificada.

Reconquistar um cliente

Com as notificações do desenvolvedor em tempo real, é possível detectar imediatamente quando um usuário decide cancelar. Quando um usuário faz um cancelamento antes da expiração da assinatura, você pode enviar notificações push ou mensagens no aplicativo para pedir que ele assine novamente.

Depois da expiração da assinatura, você precisará pedir ao usuário para comprar a assinatura novamente. Para oferecer um desconto, ofereça um ID do produto com preços especiais para sua assinatura, também chamado de SKU de recuperação. Você pode disponibilizar a oferta no seu app ou notificar o usuário sobre a oferta fora dele, como por e-mail. Para iniciar uma assinatura de recuperação, inicie o fluxo de compra no seu app Android usando a Biblioteca do Google Play Faturamento. Esse processo é igual ao de uma nova assinatura, mas você pode determinar o SKU disponível para o usuário.

Se você decidir incluir um teste gratuito ou preço inicial no SKU de recuperação, torne o usuário qualificado para isso desmarcando a caixa Permitir um teste gratuito por aplicativo no Google Play Console, que restringe o usuário a um teste gratuito por app.

Mudar preços da assinatura

Aviso: não mude o preço de uma assinatura do tipo Assine com o Google.

O Google Play Faturamento permite que você venda seus produtos digitais em todo o mundo para muitos usuários em diferentes localidades, com diferentes moedas e considerações de preços. Às vezes, devido a custos regionais ou variações cambiais, você pode decidir que precisa mudar o preço da sua assinatura. Caso queira manter o preço atual para os assinantes existentes, crie um novo SKU com o preço atualizado e ofereça-o aos novos assinantes.

Se você não puder continuar oferecendo suporte aos assinantes com o preço oferecido quando eles fizeram a assinatura e quiser cancelar todas as assinaturas dos usuários que decidiram não aceitar o novo preço, você poderá aplicar uma mudança obrigatória de preço. Se o usuário não concordar com o novo preço, a assinatura dele será cancelada. Para maximizar as taxas de ativação e incentivar os usuários a fazer algo, o app precisa exibir mensagens para eles sobre a futura mudança de preço. Para mais informações sobre o assunto, consulte Comunicar a mudança de preço.

Para mudar o preço de uma assinatura, faça o seguinte:

  1. Faça login no Google Play Console.
  2. Encontre o app com a assinatura cujo preço você quer mudar.
  3. Selecione Presença na loja > Produtos no aplicativo e abra a guia Assinaturas.
  4. Selecione o link Editar ao lado do preço que você quer mudar, conforme mostrado na Figura 8:

    Como editar o campo de preço da assinatura
    Figura 8. Como editar o campo de preço da assinatura.
  5. Digite o novo preço da assinatura.

  6. Quando você mudar o preço, uma caixa de diálogo de confirmação será exibida, conforme mostrado na Figura 9.

    Um aviso é exibido quando você edita o preço da assinatura
    Figura 9. Um aviso é exibido quando você edita o preço da assinatura.

    Essa caixa de diálogo explica como a mudança de preço afeta os assinantes novos e existentes. Observe o seguinte:

    • Não é possível reverter a mudança de preço depois de confirmá-la.
    • O Google Play começa a notificar seus usuários sobre o novo preço sete dias após a confirmação.
    • Ao aumentar o preço da assinatura, os usuários precisam aprovar essa mudança em 30 dias. Caso contrário, a assinatura será cancelada automaticamente.
    • As reduções do preço da assinatura são aplicadas automaticamente aos assinantes atuais na próxima data de renovação. Qualquer pessoa que fizer a assinatura depois de uma redução de preço receberá o preço reduzido automaticamente.

    Clique em Aplicar para avançar.

  7. Será exibida uma caixa de diálogo de confirmação que descreve novamente quando os novos preços de assinatura entrarão em vigor.

    Caixa de diálogo de confirmação que mostra quando a mudança do preço da assinatura
            entrará em vigor
    Figura 10. Caixa de diálogo de confirmação que mostra quando a mudança do preço da assinatura entrará em vigor.

Comunicar a mudança de preço ao usuário

Notifique seus assinantes atuais sempre que fizer uma mudança de preço, especialmente se for um aumento.

Ao aumentar o preço de uma assinatura, você tem pelo menos sete dias para notificar os assinantes sobre isso antes que o Google Play comece a avisá-los. Para notificar os usuários, o Google Play exibe uma caixa de diálogo semelhante à mostrada na Figura 11. Essa caixa de diálogo mostra o preço antigo, o novo preço e a data em que o novo preço entra em vigor.

Caixa de diálogo genérica que notifica o usuário sobre uma mudança no preço da assinatura
Figura 11. Caixa de diálogo genérica que notifica o usuário sobre uma mudança no preço da assinatura.

No seu app, é possível exibir essa caixa de diálogo das seguintes maneiras:

Seu app pode determinar se o usuário tem uma mudança de preço pendente observando o campo priceChange no recurso de assinatura. Quando presente, esse campo indica que a assinatura terá uma mudança de preço, e o campo priceChange.state indica se a mudança de preço foi aceita ou ainda está pendente.

Iniciar um fluxo de confirmação de mudança de preço

Para exibir a caixa de diálogo de mudança de preço do Google Play Faturamento quando o app for iniciado, use BillingClient.launchPriceChangeConfirmationFlow().

Antes de exibir essa caixa, você também pode apresentar sua própria mensagem ou caixa de diálogo que explique o motivo da mudança. Se você criar e mostrar esse tipo de mensagem personalizada, será mais provável que seus usuários renovem a assinatura com o novo preço.

Veja um exemplo de como iniciar o fluxo de confirmação de mudança de preço:

Kotlin

val priceChangeFlowParams = PriceChangeFlowParams.newBuilder()
        .setSkuDetails(changedPriceSubscriptionSkuDetails)
        .build()

billingClient.launchPriceChangeConfirmationFlow(activity,
        priceChangeFlowParams,
        object : PriceChangeConfirmationListener() {
            override fun onPriceChangeConfirmationResult(responseCode: Int) {
                if (responseCode == BillingResponse.OK) {
                    // User has confirmed the price change.
                } else if (responseCode == BillingResponse.USER_CANCELED) {
                    // User hasn't confirmed the price change and should retain
                    // access until the end of the current billing cycle.
                }
            }
        })

Java

PriceChangeFlowParams priceChangeFlowParams = PriceChangeFlowParams.newBuilder()
        .setSkuDetails(changedPriceSubscriptionSkuDetails)
        .build();

billingClient.launchPriceChangeConfirmationFlow(activity,
        priceChangeFlowParams,
        new PriceChangeConfirmationListener() {
            @Override
            public void onPriceChangeConfirmationResult(int responseCode) {
                if (responseCode == BillingResponse.OK) {
                    // User has confirmed the price change.
                } else if (responseCode == BillingResponse.USER_CANCELED) {
                    // User hasn't confirmed the price change and should retain
                    // access until the end of the current billing cycle.
                }
            }
        });

Processar a confirmação do usuário sobre a mudança de preço

Se o usuário aceitar o novo preço da assinatura, ela será renovada e poderá ser processada como qualquer outra renovação. Além disso, você receberá uma notificação do desenvolvedor em tempo real SUBSCRIPTION_PRICE_CHANGE_CONFIRMED.

Processar uma recusa da mudança de preço

Se um usuário não tiver aceitado a mudança de preço até o momento em que a assinatura antiga expirar, a assinatura será cancelada, e você receberá uma notificação SUBSCRIPTION_CANCELED. Esse evento pode ser processado conforme descrito em Cancelamentos.

Mudança acidental de preço

Se você mudou acidentalmente o preço de uma assinatura, reverta a mudança imediatamente. Desde que o preço seja revertido em até sete dias, os assinantes atuais não serão notificados sobre a mudança acidental de preço. Os novos assinantes podem receber o preço acidental durante o período entre a primeira mudança de preço e a reversão.

Como fazer duas mudanças de preço seguidas

Faça apenas uma mudança de preço por vez. Não recomendamos mudanças para fins de teste.

Se você mudar o preço de uma assinatura duas vezes em um período de sete dias, um usuário precisará concordar apenas com a mudança mais recente.

Se houver mais de sete dias entre as mudanças de preço, elas não se anularão. Em vez disso, o usuário precisará concordar com a primeira mudança e ter um ciclo de renovação no primeiro preço. Depois que o ciclo de renovação terminar, você poderá começar a cobrar o segundo preço. E as renovações serão cobradas com o segundo preço mensalmente.