Resolver problemas de mostradores de relógios

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

A criação de um mostrador do relógio personalizado para o Wear OS by Google é bastante diferente da criação de notificações e de atividades específicas de wearables. Este guia mostra como resolver alguns problemas que você pode encontrar ao implementar seus primeiros mostradores de relógio.

Detectar o formato da tela

Os dispositivos Wear OS podem ter telas quadradas, retangulares ou redondas. Dispositivos com telas redondas podem conter um encarte (ou "queixo") na parte de baixo da tela. O mostrador do relógio precisa se adaptar e aproveitar o formato específico da tela.

Para adaptar seu design ao renderizar o mostrador do relógio, confira o valor de context.resources.configuration.isScreenRound e WatchState.chinHeight.

Observação: por padrão, os mostradores de relógio em dispositivos retangulares são executados em um modo quadrado de emulação para oferecer suporte a mostradores de relógio criados para dispositivos circulares e quadrados. Para saber como modificar esse comportamento, consulte Suporte a dispositivos retangulares.

Usar medições relativas

Dispositivos Wear OS de diferentes fabricantes possuem telas com diversos tamanhos e resoluções. O mostrador do relógio precisa se adaptar a essas variações usando medidas relativas em vez de valores absolutos de pixels.

Ao renderizar o mostrador do relógio, confira o tamanho da tela com os métodos Canvas.getWidth() e Canvas.getHeight() e defina as posições dos elementos gráficos usando valores que representem uma fração do tamanho da tela detectada. Se você redimensionar os elementos do mostrador do relógio em resposta a um card, use valores que sejam uma fração do espaço restante acima do cartão para renderizar o mostrador do relógio novamente.

O exemplo de WatchFace demonstra as práticas recomendadas para configurar um mostrador do relógio.