O Google tem o compromisso de promover a igualdade racial para as comunidades negras. Saiba como.

Acessar a camada de dados wearable

Para chamar a API Data Layer, use a classe Wearable para receber instâncias das várias classes de cliente, como DataClient e MessageClient.

Confira os seguintes recursos relacionados:

Observação: um app para Wear pode se comunicar com um app para smartphone usando a API Data Layer, mas não é recomendado se conectar a uma rede usando essa API.

Usar um cliente mínimo

Como mostrado no exemplo a seguir, um cliente mínimo é o suficiente para começar. Consulte Acessar APIs Google Play Services para mais informações:

Kotlin

    val dataClient: DataClient = Wearable.getDataClient(context)
    

Java

    DataClient dataClient = Wearable.getDataClient(context);
    

O contexto pode ser qualquer contexto Android válido. Caso você esteja usando uma API no escopo de uma atividade, use o método getDataClient(activity) da classe Wearable, o que permite que determinadas interações sejam exibidas em caixas de diálogo, e não como notificações. Por exemplo, se for solicitado a um usuário que ele atualize a versão do Google Play Services.

Por padrão, callbacks para listeners são feitos na linha de execução de IU principal do app. Para fazer callbacks em uma sequência diferente, use um objeto WearableOptions para especificar um Looper personalizado (consulte WearableOptions.Builder):

Kotlin

    val dataClient: DataClient =
            Wearable.WearableOptions.Builder().setLooper(myLooper).build().let { options ->
                Wearable.getDataClient(context, options)
            }
    

Java

    WearableOptions options = new WearableOptions.Builder().setLooper(myLooper).build();
    DataClient dataClient = Wearable.getDataClient(context, options);
    

Os clientes da API Wearable, como DataClient e MessageClient, têm baixo custo de criação e não precisam ser criados apenas uma vez e mantidos. Use o estilo adequado ao seu app. O estado do cliente, como o conjunto de listeners registrados, é compartilhado entre todos os clientes e é preservado se o Google Play Services for atualizado enquanto um app estiver em execução.