Save the date! Android Dev Summit is coming to Mountain View, CA on November 7-8, 2018.

Compilar seu aplicativo na linha de comando

Você pode executar todas as tarefas de compilação disponíveis para o seu projeto Android usando a linha de comando do Gradle Wrapper. Ela está disponível como um arquivo de lote para Windows (gradlew.bat) e como um script de shell para Linux e Mac (gradlew.sh), sendo acessível pela raiz de cada projeto criado com o Android Studio.

Para executar uma tarefa com o wrapper, use um dos seguintes comandos:

  • No Windows:
    gradlew task-name
  • Em Mac ou Linux:
    ./gradlew task-name

Para ver uma lista de todas as tarefas de compilação disponíveis para seu projeto, execute tasks:

gradlew tasks

O resto desta página descreve os conceitos básicos para compilar e executar o aplicativo com o Gradle Wrapper. Para obter mais informações sobre como configurar a compilação para Android, leia Configurar sua compilação.

Se preferir usar as ferramentas do Android Studio em vez das ferramentas da linha de comando, leia Compilar e executar seu aplicativo.

Sobre tipos de compilação

Por padrão, há dois tipos de compilação disponíveis para todo aplicativo Android: um para depurar o aplicativo — a compilação de depuração — e outra para disponibilizar o aplicativo aos usuários — a compilação de versão final. O APK gerado por cada compilação deve ser assinado com um certificado antes de ser possível instalá-lo em um emulador ou dispositivo. A compilação de depuração é assinada automaticamente com uma chave de depuração fornecida pelas ferramentas do SDK (o que não tem proteção e, por isso, não é possível publicar esse APK na Google Play Store), e a compilação de versão final deve ser assinada com a sua própria chave privada.

Se quiser compilar um APK para publicação, é importante ler primeiro Assinar o aplicativo. Esta página descreve o procedimento para gerar uma chave privada e usá-la para assinar o arquivo APK. Se ainda não tiver muita experiência nisso, você poderá executar os aplicativos rapidamente em um emulador ou em um dispositivo conectado compilando um APK de depuração.

Você ainda pode definir um tipo de compilação personalizado no arquivo build.gradle e configurá-lo para ser assinado como compilação de depuração incluindo debuggable true. Para saber mais, leia Configurar variantes de compilação.

Compilar um APK de depuração

Para testar e depurar o aplicativo de forma imediata, você pode compilar um APK de depuração. O APK de depuração é assinado com uma chave de depuração fornecida pelas ferramentas do SDK e permite depuração com adb.

Para compilar um APK de depuração, abra uma linha de comando e navegue para a raiz do diretório do projeto — no Android Studio, selecione View > Tool Windows > Terminal. Para iniciar uma compilação de depuração, chame a tarefa assembleDebug:

gradlew assembleDebug

Com isso, você criará um APK chamado module_name-debug.apk em project_name/module_name/build/outputs/apk/. O arquivo já estará assinado com a chave de depuração e alinhado com zipalign para você poder instalá-lo em um dispositivo imediatamente.

Ou, se quiser compilar o APK e instalá-lo imediatamente em um emulador em execução ou dispositivo conectado, chame installDebug:

gradlew installDebug

A parte “Debug” do nome das tarefas acima é apenas uma versão do nome da variante de compilação que usa palavra composta e você pode substituí-la por qualquer variante de compilação que quiser montar ou instalar. Por exemplo, se você tem um produto de tipo “demo”, pode compilar a versão de depuração com a tarefa assembleDemoDebug.

Para ver todas as tarefas de compilação de instalação disponíveis para cada variante (incluindo tarefas de desinstalação), execute a tarefa tasks.

Além disso, leia a seção abaixo sobre como executar o aplicativo no emulador e como executar o aplicativo em um dispositivo.

Compilar um APK de versão final

Quando estiver tudo certo para lançar e distribuir o aplicativo, compile um APK de versão final assinado com a sua chave privada.

Para obter mais informações, consulte Assinar o aplicativo.

Executar o aplicativo no emulador

Para usar o Android Emulator, você deve criar um dispositivo virtual Android (AVD) usando o Android Studio.

Depois que tiver um AVD, inicie o Android Emulator e instale o aplicativo da seguinte forma:

  1. Em uma linha de comando, navegue para android_sdk/tools/ e inicie o emulador especificando o AVD:

    emulator -avd avd_name

    Se não tiver certeza de qual é o nome do AVD, execute emulator -list-avds.

  2. Agora você pode instalar o aplicativo usando as tarefas de instalação do Gradle mencionadas acima ou a ferramenta adb.
    adb install path/to/your_app.apk
    

    Todos os APKs compilados são salvos em project_name/module_name/build/outputs/apk/.

Para saber mais, leia Executar aplicativos no Android Emulator.

Executar o aplicativo em um dispositivo

Antes de executar o aplicativo em um dispositivo, você deve ativar a depuração USB no dispositivo. Ela pode ser encontrada em Settings > Developer options.

Observação: no Android 4.2 e em versões mais recentes, a opção Developer options é oculta por padrão. Para torná-la disponível, acesse Settings > About phone e toque em Build number sete vezes. Retorne à tela anterior para encontrar as Developer options.

Depois que o dispositivo estiver configurado e conectado via USB, instale o aplicativo usando as tarefas de instalação do Gradle mencionadas acima ou a ferramenta adb.

adb -d install path/to/your_app.apk

Todos os APKs compilados são salvos em project_name/module_name/build/outputs/apk/.

Para saber mais, consulte Executar aplicativos em um dispositivo de hardware.