Interfaces do usuário para Wear OS

Mantenha tudo organizado com as coleções Salve e categorize o conteúdo com base nas suas preferências.

O Wear OS facilita a interação do usuário com apps otimizados para smartwatches. É importante garantir que o conteúdo seja mostrado na plataforma adequada.

No Wear OS, as plataformas do app são criadas considerando os jobs. Por exemplo, se o app tem uma informação que o usuário provavelmente vai querer acessar várias vezes por dia, considere criar uma complicação. Se o conteúdo for de alto valor e muito contextual, considere usar uma notificação.

Outra forma útil de organizar o conteúdo do app de um jeito intuitivo no Wear OS é analisando a prioridade das informações entre as diferentes plataformas e colocando o conteúdo mais valioso em destaque nas plataformas de visualização rápida do sistema.

Mostre o conteúdo com maior prioridade nas complicações e notificações. Use os blocos e os apps para mostrar conteúdos que ocupam mais espaços da maneira adequada.

As seções a seguir apresentam cada plataforma em mais detalhes.

App

Um app é uma visualização focada que pode mostrar uma tarefa complexa ou menos comum, ou até um cluster de tarefas. Ela é imersiva e parecida com a interface do usuário (IU) principal de um app para dispositivos móveis, embora existam algumas diferenças.

As outras plataformas (blocos, complicações e notificações) podem se vincular a um app para possibilitar que o usuário realize tarefas mais complexas.

apps

Veja abaixo alguns exemplos de quando usar um app:

  • Começar um treino.
  • Procurar uma playlist.
  • Enviar uma mensagem.
  • Analisar dados do treino.

Bloco

Os blocos oferecem acesso rápido e previsível a informações e ações para atender necessidades do usuário.

Embora os apps possam ser imersivos, os blocos são carregados rapidamente e têm como foco as necessidades imediatas do usuário. Caso precise de mais informações, o usuário pode tocar no bloco para abrir o app no smartwatch.

bloco

Veja abaixo exemplos de quando usar blocos:

  • Acompanhar o progresso diário de atividades do usuário.
  • Iniciar um treino rapidamente.
  • Iniciar uma música tocada recentemente.
  • Enviar uma mensagem para um contato favorito.

Complicação

Uma complicação consiste em uma ação única e recorrente ou uma informação de visualização rápida no mostrador do relógio. Assim como nos blocos, o usuário pode tocar nas complicações para abrir o app no smartwatch e ter uma experiência mais completa.

complicação

Veja a seguir exemplos de quando usar complicações:

  • Data
  • Ingestão de água
  • Passos
  • Clima atual

Notificação

A notificação mostra informações e ações imediatas, de visualização rápida, para o usuário. As notificações no Wear OS são parecidas com as notificações em dispositivos móveis.

notificação

Veja a seguir exemplos de quando usar uma notificação:

  • Mostrar uma nova mensagem ou e-mail.
  • Monitorar um treino depois de sair de um app.
  • Mostrar informações sobre a música que está tocando.

Acesso rápido aos apps

As entradas do Acesso rápido aos apps ajudam o usuário a iniciar uma experiência no smartwatch e voltar a ela mais tarde. Ao tocar em um atalho, o app é iniciado.

acesso rápido aos apps

Veja exemplos de quando usar o Acesso rápido aos apps:

  • Iniciar um app de música para começar a ouvir músicas.
  • Iniciar um app fitness para começar um treino.
  • Iniciar um app de mensagens para enviar uma mensagem.

Mostrador do relógio

Os mostradores do relógio são telas digitais dinâmicas em que os usuários podem expressar o próprio estilo. A maioria dos apps não precisa criar um mostrador personalizado. No entanto, caso faça sentido criar um mostrador do relógio para seu app, o Wear OS permite personalizar as plataformas da maneira que você quiser.

mostrador do relógio

Veja alguns exemplos de quando usar um mostrador do relógio personalizado:

  • Relógio analógico personalizado
  • Relógio digital personalizado mostrando complicações