Nossa plataforma e nossas políticas estão em constante evolução para melhorar a experiência do usuário e criar um ecossistema mais seguro. Esta página é atualizada com as informações mais recentes sobre essas políticas, incluindo as mudanças que talvez você precise fazer. Agradecemos por manter seus apps e jogos atualizados.

Mudanças em destaque

A Política de pagamentos do Google Play atualizada entrou em vigor para novos apps em 20 de janeiro de 2021 e será válida para os apps já existentes em 30 de setembro de 2021. Os apps que não cumprirem o prazo serão removidos.

Em breve, os desenvolvedores precisarão de aprovação para acessar a localização em segundo plano. A partir de 30 de setembro de 2020, será possível enviar seus apps ao Google Play Console para receber feedback sobre a conformidade com a nova política.

  • A partir de 18 de janeiro de 2021, todos os novos apps enviados ao Google Play após 30 de abril de 2020 que tiverem permissões de localização em segundo plano precisarão receber aprovação para serem publicados.
  • A partir de 29 de março de 2021, todos os apps publicados antes de 16 de abril de 2020 com acesso à localização em segundo plano precisarão receber aprovação ou serão removidos do Google Play Mesmo se o uso da localização estiver em primeiro plano, os desenvolvedores precisarão concluir a declaração na seção Conteúdo do app > Permissões > Permissões de localização do Play Console.
Atualizamos as políticas do Google Play, incluindo aquela relacionada à permissão "Acesso a todos os arquivos", e adicionamos novos exemplos e esclarecimentos a algumas das nossas diretrizes. Os apps novos e os existentes têm até 5 de maio de 2021 para obedecer às regras atualizadas.
A partir de 2 de agosto de 2021, todos os novos apps com o Play Faturamento precisarão usar a versão 3 ou mais recente da Biblioteca Faturamento. Até o dia 1º de novembro de 2021, todas as atualizações de apps existentes com o Play Faturamento precisarão usar a versão 3 ou mais recente da Biblioteca Faturamento.
Depois de agosto de 2021, todos os apps e jogos novos precisarão ser publicados com o formato do Android App Bundle. Os novos apps e jogos precisam usar o Play Asset Delivery ou o Play Feature Delivery para enviar recursos que excedam um tamanho de download de 150 MB. Apps corporativos particulares não estão sujeitos a esse requisito.
Ao fazer upload de pacote de apps ou APK, é necessário atender aos requisitos de nível da API do Google Play. Até agosto de 2021, os novos apps precisarão ser direcionados pelo menos ao Android 11 (API de nível 30). Até novembro de 2021, todos os apps que estiverem sendo atualizados precisarão ser direcionados pelo menos ao Android 11 (API de nível 30). Até essas datas, os novos apps e as atualizações precisarão ser direcionados pelo menos ao Android 10 (API de nível 29). Os apps para Wear OS não estão sujeitos a esses novos requisitos.

Prazos anteriores

A partir do dia 1º de novembro de 2020, todos os apps com assinaturas precisarão ser compatíveis com a suspensão e a restauração de conta. Ao mesmo tempo, os recursos "Pausa" e "Assinar novamente" serão aplicados automaticamente a todas as assinaturas, a menos que você os desative no Google Play Console.