Instalar o Android 13

Escolha uma das opções abaixo para fazer o download do Android 13:

Instalar o Android 13 Beta em um dispositivo Google Pixel

A maneira mais fácil de instalar o Android 13 em um dispositivo Google Pixel é registrando-o no programa Android Beta para Pixel.

O registro é um processo simples e rápido, altamente recomendado para usuários iniciais e desenvolvedores. Na maioria dos casos, não é necessário fazer uma redefinição completa dos dados ao migrar para o Android 13 Beta, mas é recomendável fazer backup antes de registrar o dispositivo.

Após ser registrado, o dispositivo receberá atualizações over the air (OTA) frequentes durante o ciclo de lançamento da plataforma, incluindo os lançamentos trimestrais da plataforma (QPR, na sigla em inglês), a menos que você saia do programa Beta antecipadamente.

Durante o ciclo de lançamento do programa Android Beta para Pixel, há quatro versões estáveis lançadas para o público: a versão oficial da plataforma, seguida dos lançamentos trimestrais. Ao aplicar a atualização da versão estável, você pode cancelar a participação no programa Beta para não receber outras atualizações sem excluir os dados permanentemente, Esse comportamento é válido até que você aplique a próxima atualização Beta, se quiser.

Fazer o registro no Android 13 Beta para Pixel

Atualizar ou instalar manualmente uma imagem do sistema

Como alternativa, você pode instalar ou atualizar manualmente o build mais recente do Android 13 Beta no dispositivo Pixel. A maneira recomendada de instalar o Android 13 em um dispositivo Pixel é usando a Android Flash Tool.

Caso prefira atualizar o dispositivo manualmente, faça o download de uma imagem de sistema do Android 13 para o dispositivo na página de downloads do Pixel. Consulte as instruções gerais na página de downloads para saber como atualizar uma imagem do sistema no dispositivo. Essa abordagem pode ser útil quando você precisa de mais controle sobre os testes, por exemplo, para testes automatizados ou de regressão.

As imagens do Android 13 Beta estão disponíveis para os dispositivos Google Pixel abaixo:

  • Pixel 4 e 4 XL
  • Pixel 4a e 4a (5G)
  • Pixel 5 e 5a
  • Pixel 6 e 6 Pro

Instalar o Android 13 Beta em um dispositivo parceiro

Você pode testar o Android 13 Beta em alguns dos principais dispositivos destes fabricantes parceiros:

  • ASUS
  • Lenovo
  • Nokia
  • OnePlus
  • OPPO
  • realme
  • Sharp
  • TECNO
  • Vivo
  • Xiaomi
  • ZTE

Para aprender a instalar o Android 13 Beta, visite o site de cada parceiro. Cada parceiro fornece uma imagem do sistema, que você pode transferir por download e usar para atualizar. Alguns parceiros também podem oferecer compatibilidade com envio over the air (OTA). Cada parceiro oferece recursos de suporte para orientar você durante o processo de instalação. Use o link Participe do Beta na página Dispositivos com o Android 13 Beta para acessar as informações de download e de OTA do parceiro.

Cada parceiro do Android 13 Beta tem um canal próprio para relatar problemas encontrados nos dispositivos com suporte para a versão Beta. Recomendamos que você use o canal de feedback do parceiro para informar bugs e fazer comentários específicos sobre os dispositivos.

Acessar a lista de parceiros

Configurar o Android Emulator

Configurar o Android Emulator para executar o Android 13 é uma ótima solução para conhecer novos recursos e APIs e testar as mudanças de comportamento do Android 13. A configuração do emulador é rápida e simples, além de permitir a simulação de vários tamanhos de tela e características do dispositivo.

Dependendo do tipo de teste que você precisa fazer, é possível configurar vários dispositivos virtuais das seguintes categorias:

Configurar um dispositivo virtual (smartphone)

Para configurar um dispositivo virtual para emular um smartphone típico, siga estas etapas:

  1. Instale a versão de pré-lançamento mais recente do Android Studio.
  2. No Android Studio, clique em Tools > SDK Manager.
  3. Na guia SDK Tools, selecione a versão mais recente do Android Emulator e clique em OK. Essa ação instala a versão mais recente, caso ainda não esteja instalada.
  4. No Android Studio, clique em Tools > AVD Manager e siga as instruções para criar um novo dispositivo virtual Android (AVD, na sigla em inglês).

    Selecione uma definição de dispositivo para um dispositivo Pixel com suporte e uma imagem do sistema do emulador do Android 13 de 64 bits. Caso ainda não tenha instalado uma imagem do sistema do Android 13 que corresponda à definição do dispositivo, clique em Download ao lado de Release Name para fazer a instalação.

  5. Retorne até a lista de dispositivos virtuais no AVD Manager e clique duas vezes no dispositivo virtual Android 13 para o iniciar.

Configurar um dispositivo virtual (tablet ou tela grande)

Para configurar um dispositivo virtual para emular um tablet ou outro dispositivo de tela grande, siga estas etapas:

  1. Instale o Android Studio Chipmunk | 2021.2.1 ou uma versão mais recente.

  2. No Android Studio, clique em Tools > SDK Manager.

  3. Na guia SDK Tools, selecione a versão mais recente do Android Emulator e clique em OK. Essa ação instala a versão mais recente, caso ainda não esteja instalada.

  4. No Android Studio, clique em Tools > Device Manager e em Create device no painel Device Manager.

  5. Selecione uma definição de dispositivo com uma tela grande, como Pixel C na categoria Tablet ou 7.6" Fold-in with outer display na categoria Phone e clique em Next.

  6. Encontre a imagem do sistema do Android 13, chamada API Android 33, e clique em Download para fazer o download. Após a conclusão do download, selecione essa imagem do sistema e clique em Next.

  7. Termine de fazer outras configurações para seu dispositivo virtual e clique em Finish.

  8. Depois de retornar à lista de dispositivos virtuais no Gerenciador de dispositivos, encontre seu dispositivo virtual do Android 13 e clique em Launch para iniciá-lo.

Repita essas etapas para criar definições de dispositivos de tela grande que podem ser usadas para testar seu app em diferentes situações de tela grande.

Emulador redimensionável

Além dos dispositivos virtuais de tela grande que você configurar para o Android 13, é possível testar a nova configuração de dispositivo redimensionável incluída no Android Studio Chipmunk | 2021.2.1 e versões mais recentes. Ao usar uma definição de dispositivo redimensionável com uma imagem do sistema do Android 13, o Android Emulator permite alternar rapidamente entre os quatro dispositivos de referência: smartphone, dobrável, tablet e computador. Ao usar o dispositivo de referência dobrável, você também pode alternar entre os estados dobrado e desdobrado.

Essa flexibilidade facilita a validação do layout no momento do design e testa o comportamento durante a execução usando os mesmos dispositivos de referência. Para criar um novo emulador redimensionável, use o Gerenciador de dispositivos no Android Studio e crie um novo dispositivo virtual e selecione a definição Resizable na categoria Phone.

Use a nova definição de dispositivo redimensionável a fim de usar o Android Emulator para testar o Android 13 em várias situações de tela grande.

Instalar uma imagem genérica do sistema (GSI)

Os binários de Imagens genéricas do sistema (GSIs) do Android estão disponíveis aos desenvolvedores para teste e validação de apps em dispositivos com suporte ao Treble. É possível usar essas imagens para solucionar problemas de compatibilidade, além de descobrir e relatar problemas do SO e do framework.

Consulte a documentação da GSI para ver requisitos de dispositivos, instruções de atualização e informações sobre como escolher o tipo de imagem correto para seu dispositivo. Quando estiver pronto para fazer o download de um binário da GSI, consulte a seção Downloads na página de binários da GSI.

Instalar o Android 13 Beta para o Android TV

O Android 13 Beta para Android TV é fornecido por imagens do sistema do Kit de desenvolvedor ADT-3 (link em inglês) e do Android Emulator para TV.

Consulte Android 13 Beta para TV para começar.

Mais informações

Para saber quais mudanças podem afetar seu app e como testar essas mudanças, leia os seguintes tópicos:

Para saber mais sobre as novas APIs e os recursos disponíveis no Android 13, leia Recursos do Android 13.