Migrar apps para o Android 11

A cada versão do Android, introduzimos novos recursos e mudanças de comportamento com o objetivo de tornar o Android mais útil, mais seguro e melhorar o desempenho. Em muitos casos, seu app funcionará exatamente como o esperado, mas em outros casos pode ser necessário fazer modificações no app para se adaptar às mudanças.

Como os usuários poderão começar a receber a nova plataforma assim que o código-fonte for lançado para o AOSP (Android Open Source Platform), é importante que os apps estejam prontos, funcionando como esperado pelos usuários e usufruindo dos novos recursos e APIs para aproveitar ao máximo a nova plataforma.

Este artigo traz uma visão geral das fases típicas de desenvolvimento e teste que podem ajudar você a se preparar para acompanhar o cronograma de lançamento da plataforma e garantir uma ótima experiência para seus usuários no Android 11.

Uma migração típica tem duas fases, que podem ser simultâneas:

  • Garantir a compatibilidade com o app (até a versão final do Android 11)
  • Segmentar os novos recursos e APIs da plataforma (assim que possível após a versão final)

Esta página descreve as etapas gerais para cada uma dessas fases. Quando estiver pronto para começar, leia Instalar o Android 11.

Garantir a compatibilidade com o Android 11

É importante testar a funcionalidade do seu app já existente com o Android 11 para garantir uma ótima experiência para os usuários que atualizarem para a versão mais recente do Android. Algumas mudanças na plataforma podem afetar a forma como seu app se comporta. Por isso, é importante fazer testes preliminares e detalhados e fazer as modificações necessárias no app.

Normalmente, é possível modificar o app e publicar uma atualização sem precisar mudar o targetSdkVersion.

Da mesma forma, não é necessário usar novas APIs ou mudar o compileSdkVersion, embora isso possa depender da forma como seu app foi criado e da funcionalidade da plataforma que ele está usando. Veja abaixo as etapas.

Antes de começar, familiarize-se com as mudanças de comportamento que podem afetar seu app, mesmo se você não modificar o targetSdkVersion.

Realizar testes de compatibilidade

Na maioria dos casos, testar a compatibilidade com o Android 11 é semelhante ao tipo de teste que você realizaria ao se preparar para lançar o app. Esse é um bom momento para analisar as principais diretrizes de qualidade do app e as práticas recomendadas para testes.

No entanto, o Android 11 introduz novas mudanças de privacidade na plataforma que podem afetar o comportamento do seu app ou corrompê-lo, mesmo se você não mudar o targetSdkVersion. Por esse motivo, é importante ler as principais mudanças de privacidade e testar todas as correções implementadas para acomodar as mudanças.

Para ver uma lista mais extensa de mudanças de comportamento para todos os apps executados no Android 11, consulte a página de mudanças de comportamento.

Atualizar a versão de destino e usar os recursos do Android 11

Esta seção explica como ativar a compatibilidade completa com o Android 11 atualizando seu targetSdkVersion para R e adicionando novos recursos do Android 11.

Além de oferecer novas APIs, o Android 11 introduz algumas mudanças de comportamento quando você atualiza sua targetSdkVersion para R. Como algumas mudanças de comportamento podem exigir mudanças no código do app para evitar interrupções, é necessário entender como seu app pode ser afetado ao modificar o targetSdkVersion analisando todas as mudanças de comportamento para apps direcionados ao Android 11.

Instalar o SDK do Android 11

Para fazer o download dos pacotes de SDK necessários para criar seu app com o Android 11, verifique primeiro se está usando a versão de pré-lançamento do Android Studio mais recente. Para saber mais, consulte Configurar o SDK do Android 11.

Testar seu app para Android 11

Depois de concluir a configuração, é possível criar seu app e fazer mais testes para garantir que ele funcione corretamente quando for direcionado ao Android 11. Revise as principais diretrizes de qualidade de apps e as práticas recomendadas para testes.

Ao criar e testar seu app com o targetSdkVersion definido como R, considere as mudanças de comportamento do Android 11. Algumas dessas mudanças podem afetar significativamente o comportamento do seu app ou até mesmo interrompê-lo totalmente, mesmo que você não implemente novos recursos ao direcioná-lo ao Android 11.

Depois de testar e confirmar que a funcionalidade esperada do seu app no Android 11, explore e implemente novos recursos e APIs do Android 11.