The Android Developer Challenge is back! Submit your idea before December 2.

Como migrar apps para o Android 10

Olá! O Android 10 tem muitas novas APIs para criar novas experiências, assim como comportamentos atualizados do sistema que poderão afetar seu app quando ele estiver sendo executado em dispositivos Android 10.

Para começar, recomendamos que você analise as alterações de comportamento do sistema, as alterações de privacidade e os novos recursos e APIs para depois migrar seus apps nestas duas fases:

  1. Garanta a compatibilidade básica. Assim que possível, verifique se o app publicado existente está pronto para usuários que estão atualizando ou comprando novos dispositivos com o Android 10. Teste seu app para verificar se ele está totalmente funcional e publique a versão compatível para os usuários.
  2. Crie com os recursos e as APIs do Android 10. Em seguida, conheça os novos recursos e APIs do Android 10. Configure seu ambiente de desenvolvimento, altere a targetSdkVersion do seu app e crie com as novas APIs relevantes para o app.

As seções abaixo destacam o que você precisará fazer em cada uma dessas fases. Antes de começar, prepare um dispositivo ou um emulador para executar e testar seu app.

Fase 1: compatibilidade básica

O objetivo desta fase é identificar quaisquer regressões de funcionalidade ou outros impactos quando o app estiver em execução no Android 10, resolvê-los e publicar uma versão atualizada para os usuários. Em muitos casos, não é necessário alterar a targetSdkVersion do app ou usar novas APIs, embora você possa alterar a compileSdkVersion para oferecer compatibilidade.

É importante testar a funcionalidade do seu app existente em todos os fluxos, porque algumas alterações na plataforma podem afetar o comportamento dele. Quando você publicar a versão compatível do app, recomendamos que notifique os usuários sobre a compatibilidade com o Android 10 nas notas de atualização.

Para proporcionar aos usuários uma transição tranquila para o Android 10, recomendamos a publicação de uma versão compatível do app o mais rápido possível, de preferência antes que os dispositivos comecem a receber atualizações do sistema operacional.

Realizar testes

O teste de compatibilidade envolve o mesmo tipo de teste que você realiza ao se preparar para lançar seu app. Esse é um bom momento para analisar as principais diretrizes de qualidade de apps e as práticas recomendadas para testes.

Familiarize-se com as alterações de comportamento conhecidas que podem afetar o app. Essas alterações de comportamento serão aplicadas ao app, mesmo se você não tiver alterado a targetSdkVersion. A análise prévia das alterações ajudará você a identificar possíveis áreas de impacto e a depurar quaisquer problemas mais rapidamente.

O Android 10 inclui extensas alterações de privacidade. Verifique também as principais alterações de privacidade e entenda os possíveis impactos no seu app.

Fase 2: criar com o Android 10

Quando estiver tudo pronto, você poderá conhecer os novos recursos e APIs do Android 10 e aprimorar seu app com novas experiências. Para começar a desenvolver com as novas APIs, você precisará configurar o SDK do Android 10 (API 29) no Android Studio e alterar targetSdkVersion e compileSdkVersion para 29.

Ao alterar a targetSdkVersion, você também precisará considerar as alterações de comportamento do sistema que se aplicam ao seu app quando estiver segmentando o Android 10 (API 29) ou versões posteriores.

Algumas alterações de comportamento podem causar regressões ou falhas. Por isso, analise as alterações e faça um teste completo antes de publicar uma atualização de app que altera sua targetSdkVersion.

Acessar o SDK

Para ter os pacotes de SDK para criar seu app com o Android 10, verifique primeiro se você está usando a versão mais recente do Android Studio. Para saber mais, leia Configurar o SDK.

Realizar testes

Depois de concluir as etapas acima, você pode criar seu app e testá-lo para garantir que ele funcione corretamente quando direcionado ao Android 10. Esse também é um bom momento para analisar as principais diretrizes de qualidade dos apps e as práticas recomendadas para testes.

Quando você cria seu app com a targetSdkVersion definida como 29, há mudanças específicas da plataforma que você precisa conhecer. Algumas dessas alterações, descritas na página Alterações de comportamento do Android 10, podem afetar significativamente o comportamento do seu app ou causar falhas, mesmo se você ainda não usa novas APIs.