O Google tem o compromisso de promover a igualdade racial para as comunidades negras. Saiba como.

O Android 11 é baseado em versões anteriores do Android, com adição de recursos e atualizações para manter os usuários seguros e aumentar a transparência e o controle. Os desenvolvedores precisam analisar os recursos de privacidade e testar os respectivos apps. Os impactos podem variar de acordo com a funcionalidade principal, o direcionamento e outros fatores de cada app.

Para saber mais sobre as principais mudanças que entram em vigor no Android 11, consulte as seções a seguir.

Principais mudanças de privacidade

Esta tabela resume as principais mudanças relacionadas à privacidade que entraram em vigor no Android 11.

Alteração de privacidade Apps afetados Estratégia de mitigação
Aplicação do armazenamento com escopo
Apps direcionados ao Android 11 ou a versões mais recentes estão sempre sujeitos a comportamentos de armazenamento com escopo
Apps direcionados ao Android 11 ou a versões mais recentes, assim como apps direcionados ao Android 10 que não definiram requestLegacyExternalStorage como true para desativar o armazenamento com escopo Atualize o app para funcionar com armazenamento com escopo
Saiba mais sobre as mudanças de armazenamento com escopo
Permissões únicas
Os usuários podem conceder acesso temporário a localização, ao microfone e à câmera usando permissões únicas
Apps direcionados ao Android 11 ou a versões mais recentes que solicitam permissões de localização, do microfone ou da câmera Verifique se o app tem uma permissão antes de tentar acessar os dados protegidos por essa permissão
Siga as práticas recomendadas para solicitar permissões
Redefinição automática de permissões
Se os usuários não interagirem com um app por alguns meses no Android 11 ou em versões mais recentes, o sistema redefinirá automaticamente as permissões confidenciais do app
Apps direcionados ao Android 11 ou a versões mais recentes que realizam a maior parte do trabalho em segundo plano Peça ao usuário para impedir que o sistema redefina as permissões do seu app
Saiba mais sobre a redefinição automática de permissões
Acesso à localização em segundo plano
O Android 11 muda a forma como os usuários podem conceder a permissão de localização em segundo plano aos apps
Apps direcionados ao Android 11 ou a versões mais recentes que precisam de acesso à localização em segundo plano Solicite gradualmente permissões de localização em primeiro plano (aproximadas ou finas) e em segundo plano em chamadas separadas para o método de solicitação de permissão. Quando necessário, explique os benefícios que os usuários recebem ao conceder essa permissão
Saiba mais sobre o acesso à localização em segundo plano no Android 11
Visibilidade do pacote
O Android 11 muda a forma como os apps consultam e interagem com outros apps instalados no mesmo dispositivo
Apps direcionados ao Android 11 ou a versões mais recentes que interagem com outros apps instalados em um dispositivo Adicione o elemento <queries> ao manifesto do app
Saiba mais sobre a visibilidade do pacote
Serviços em primeiro plano
O Android 11 muda a forma como os serviços em primeiro plano podem acessar dados de local, câmera e microfone
Apps direcionados ao Android 11 ou a versões mais recentes que acessam a localização, a câmera ou o microfone em um serviço em primeiro plano Declare os tipos de serviço em primeiro plano camera e microphone para os serviços em primeiro plano que exigem acesso à câmera e ao microfone, respectivamente. No entanto, lembre-se de que os serviços em primeiro plano iniciados enquanto o app está em segundo plano geralmente não podem acessar o local, a câmera ou o microfone.
Saiba mais sobre as mudanças nos serviços em primeiro plano

Primeiros passos com atualizações de privacidade

  1. Analise os recursos de privacidade: avalie seu app. Veja como ele armazena arquivos e dados do usuário, solicita permissões e solicita a localização. Além disso, veja as maneiras como ele interage com outros apps, considere realizar uma auditoria dos dados que seu app acessa e determine se ele precisa atualizar o uso de serviços em primeiro plano.
  2. Teste seu app no Android 11: execute-o no Android 11. Use as ferramentas de compatibilidade de apps para avaliar como as mudanças de sistema individuais afetam seu app.
  3. Atualize seu app: se possível, direcione-o para o Android 11, teste com usuários e publique uma atualização.

Notícias e vídeos do Android 11