Valor da vida útil da Mikan aumenta após testes de assinatura

Ícone da Mikan Ltd.

Testes com a Configuração remota do Firebase revelam a preferência do usuário

A Mikan (link em inglês) é uma startup japonesa com a missão de tornar 100 milhões de pessoas bilíngues. Para atingir essa meta, a empresa criou um conjunto de mais de 15 aplicativos de aprendizagem. No lançamento em 2014, o primeiro app de aprendizado de vocabulário em inglês alcançou mais de 100.000 downloads em apenas três dias. No entanto, manter o crescimento e atingir as metas de negócios por meio da monetização tem sido um desafio para a Mikan.

Depois de adotar uma abordagem de tentativa e erro para otimizar a monetização, a empresa decidiu iniciar a aplicação de testes A/B no Android, usando a Configuração remota do Firebase. A meta era encontrar o preço e o período de assinatura mais atraentes para os usuários.

O que a Mikan fez

Originalmente, a Mikan oferecia apenas uma assinatura mensal. Com o objetivo de melhorar a receita anual recorrente, a Mikan testou três planos de assinatura: mensal, semestral e anual.

Usando os recursos do Google Play Faturamento e do Firebase, a Mikan criou seus testes em apenas duas semanas. Além disso, os usuários não precisavam fazer o download de novos recursos por meio do Google Play, já que a Configuração remota do Firebase permitiu que a Mikan mudasse a IU e a UX do seu app facilmente, sem mudar o código do app.

A Mikan também modificou a página de assinatura. Em vez de explicar os benefícios da assinatura, a nova página se concentrou em oferecer aos usuários a opção de selecionar um dos planos de assinatura.

Antes de lançar o teste, as expectativas para o plano anual eram baixas devido ao custo comparado ao plano mensal.

Os resultados

O teste observou um aumento na taxa de conversão de mais de 100% e um impacto positivo no valor da vida útil (LTV, na sigla em inglês). A Mikan também descobriu que 75% dos usuários compraram uma assinatura até 30 dias após o cadastro. Para a surpresa da Mikan, foram as assinaturas anuais que mais contribuíram para essas melhorias.

“Recebemos ótimos resultados dos testes em apenas um mês e meio. Muito mais rápido do que o esperado. Eu mal consigo acreditar nessa conquista, o número [de assinaturas anuais] foi maior do que esperávamos. No início, pensávamos que o teste apresentaria um resultado negativo [para as assinaturas anuais], mas o resultado foi o oposto”,

Kazumasa Takaoka, CEO e cofundador da Mikan Ltd.

Após 40 dias de testes e análises, a Mikan implementou a IU e os planos de assinatura testados para todos os usuários do Android. Nos 18 meses desde a conclusão dos testes, mais de 70% dos usuários optaram por uma assinatura anual, gerando uma fonte de renda estável.

Os benefícios dos testes

É possível que o resultado mais importante desses testes tenha sido que a equipe da Mikan aprendeu que a abordagem de tentativa e erro não era ideal para a monetização. Os testes apresentaram a resposta certa: uma que provavelmente não seria encontrada por tentativa e erro, já que era oposta às expectativas.

Embora seja possível descobrir padrões de sucesso com as práticas recomendadas, somente testes bem projetados e análises detalhadas dos dados conseguem revelar a verdade sobre as expectativas e o comportamento dos usuários. A equipe da Mikan acredita que qualquer pessoa pode conseguir ótimos resultados com a aplicação de testes usando o Google Play e o Firebase. Saiba mais sobre como adicionar recursos específicos de assinatura ao seu app e como usar a Configuração remota do Firebase para aplicar testes.