Usar a plataforma Google Fit para criar apps mais engajantes de saúde e condicionamento físico

  • Desenvolver
  • Engajamento
  • Apps de fitness
Ícone da marca do Google Fit

Conecte-se à plataforma Google Fit para ler e armazenar dados sobre saúde e bem-estar de um usuário em vários dispositivos, coletar dados de atividades e registrar dados do sensor. A plataforma Google Fit aumenta a retenção, as classificações e a velocidade no desenvolvimento de apps para a saúde e o bem-estar.

Por que isso funciona

O Google Fit oferece um conjunto único de APIs. Com a permissão do usuário, seu app pode acessar dados do sensor do smartphone e de wearables, além de informações sobre saúde e bem-estar de outros apps. Assim que você fizer a integração das APIs do Google Fit, seu app poderá acessar as novas fontes de dados disponíveis sem precisar de integrações adicionais.

Use as APIs do Google Fit para ajudar os usuários a ter uma visão geral da saúde e do bem-estar deles. Crie sessões quando os usuários vão a uma aula de ioga, treinam meditação, correm ou monitoram o sono. Assim, eles poderão ver essas informações no diário do Google Fit. Descubra informações adicionadas por outros apps e dispositivos que os usuários escolhem compartilhar, desde estatísticas corporais, como peso, porcentagem de gordura corporal e frequência cardíaca, até informações sobre o sono e a alimentação.

Principais recursos

  • Baixa demanda de energia, registro passivo de atividades, passos e distâncias. Seu app pode usar a API Recording para se inscrever em um tipo de dados. Isso ativa os sensores nos horários apropriados ao longo do dia e registra os dados que seu app pode consultar mais tarde. Por exemplo, para registrar passivamente dados precisos sobre exercícios físicos usando pouca energia, a plataforma acessará o GPS de maneira dinâmica dependendo da movimentação do smartphone ou do dispositivo Wear OS.
  • Calcula a distância e as calorias com a transformação de dados dos sensores. Caso seu app grave somente os passos e dados de atividades, a plataforma calculará as distâncias correspondentes e estimativas calóricas. Ou seja, seu app não precisará fazer esse cálculo.
  • Grava dados em uma loja centralizada de condicionamento físico e leia informações dela. A plataforma Google Fit atua como um hub de dados de saúde e bem-estar originários de apps e dispositivos conectados. Ele armazena as informações do usuário e as disponibiliza para apps como dados brutos, agregados ou mesclados. Essas informações incluem pontos de dados sobre nutrição, sessões de exercícios e contagem de passos coletados de apps e wearables conectados, além de balanças inteligentes e muito mais.
  • Grave segmentos de atividade na plataforma Fit para contribuir com as metas de Pontos cardio. As metas de Pontos cardio ajudam os usuários a atingir as recomendações de atividade física da Organização Mundial da Saúde e da Associação Cardíaca dos Estados Unidos. Gravar segmentos de atividade no armazenamento de dados de condicionamento físico, como frequência cardíaca (se disponível) e passos nas atividades de caminhada e corrida dos seus apps, contribuirá para essas metas de atividade.
  • Reage às mudanças. As APIs de condicionamento físico permitem que os apps registrem listeners para alterações de dados no armazenamento de dados sobre condicionamento físico. Por exemplo, se um usuário registrar uma nova refeição ou inserir um novo peso, seu app poderá ser avisado e enviar uma notificação personalizada no momento certo ao usuário para engajá-lo novamente.

Exemplos