Vender assinaturas com o Faturamento do Google Play no app

  • Ganhos
  • Desenvolvimento

Venda assinaturas por meio do Google Play Faturamento para dar aos seus usuários acesso contínuo a conteúdos e recursos.

Por que isso funciona

A plataforma de assinaturas do Google Play oferece ferramentas e recursos de inteligência para ajudar a ampliar seus negócios de assinatura. É possível configurar o Google Play Faturamento de modo rápido e fácil. Dessa forma, o Google Play passará a cuidar dos detalhes das compras, e seu app não precisará mais processar transações financeiras. As opções de assinatura personalizáveis e os recursos de gerenciamento disponíveis ajudarão você a atrair e reter mais clientes. Além disso, como seu app usará o mesmo fluxo para finalização de compras que é usado com o conteúdo do Google Play, os usuários terão uma experiência familiar, confiável e segura.

Principais recursos

  • Frequências de faturamento flexíveis: Defina seu período de faturamento como semanal, mensal, trimestral, semestral ou anual.
  • Avaliações gratuitas: Defina o período de avaliação da sua preferência e ofereça aos usuários a chance de testar seu app antes de se comprometerem com a assinatura dele.
  • Preços iniciais: Especifique um preço inicial com desconto que se aplica a determinados períodos de faturamento.
  • Preços locais: Personalize o preço de acordo com cada mercado e cobre os usuários na moeda local deles.
  • Alterações de preço: Aplique facilmente uma alteração de preço.
  • Períodos de carência: Permitem que seus assinantes atualizem a forma de pagamento deles se um pagamento recorrente for recusado.
  • Suspensão de contas: Se houver falha na forma de pagamento do usuário, bloqueie o acesso ao seu conteúdo ou serviço até que ele atualize as informações de pagamento.
  • Upgrades e downgrades: Adicione um recurso para que os usuários mudem de um plano para outro (por exemplo, da assinatura básica para a premium) ou se inscrevam novamente para manter o acesso. Em seguida, escolha se quer usar o crédito da alteração do plano para definir uma nova data de renovação, manter a data de renovação e cobrar do usuário um valor proporcional ou adiar a alteração de preço para a próxima data de renovação.
  • API do servidor: Veja detalhes de cada assinatura, como data de validade, status de pagamento, motivo do cancelamento e muito mais.
  • Notificações do desenvolvedor em tempo real: Receba notificações quando o estado do assinante mudar.
  • Restauração de assinatura: Permite que os usuários restaurem assinaturas diretamente pela Play Store.
  • Análise de conversões: Veja quais canais trazem o maior número de usuários pagantes.
  • Relatórios e painéis de faturamento: Avalie quanto você está ganhando a cada mês em cada categoria de assinatura oferecida e monitore por quanto tempo os assinantes estão sendo retidos. Use opções avançadas para selecionar e analisar coortes. Avalie o desempenho dos recursos oferecidos, como avaliações gratuitas, suspensão de contas e períodos de carência, na aquisição e retenção de usuários.

Práticas recomendadas

Configurar

  • Use a biblioteca do Google Play Faturamento para simplificar o desenvolvimento. Essa biblioteca oferece uma interface para envio de solicitações e gerenciamento de transações de Faturamento em apps usando o Google Play.
  • Configure todos os SKUs de assinaturas no nível do app usando o Google Play Console. Dessa forma, você não precisará gerenciar seus SKUs individualmente.
  • Use contas de teste de licença para avaliar as compras sem gastar dinheiro real. Oferecemos um instrumento de teste “bom” e um “ruim” para cada conta. Desse modo, é possível fazer compras de teste seguras e convenientes durante o desenvolvimento ou a preparação para lançamento. Para mais informações sobre os testes, visite a Central de Ajuda.
  • Registre os tokens de compras e códigos de pedidos para acompanhar os usuários de forma adequada. Os códigos de pedidos são exibidos nos relatórios financeiros, e os tokens são necessários para usar as APIs Play Faturamento e validar as compras.

Adquirir

Reter

  • Monitore alterações de estado dos assinantes usando as notificações do desenvolvedor em tempo real (RTDN, na sigla em inglês). Para ativar o RTDN, é necessário integrar seu back-end ao Cloud Pub/Sub usando seu projeto do Google Cloud Platform (GCP) e indicar no Google Play Console o tópico Pub/Sub em que o Google Play publicará as notificações. Sempre que um RTDN for recebido, faça uma chamada à API do servidor para receber o estado mais recente das assinaturas. Em seguida, sincronize o estado com seu banco de dados. Faça esse procedimento até para os tipos de notificação que você nunca viu antes.
  • Notifique os usuários quando as informações de pagamento precisarem ser atualizadas. Isso ajuda a reduzir o desligamento involuntário gerado por problemas de pagamento. Se paymentState for igual a 0, o usuário precisará atualizar as informações de pagamento.
  • Implemente períodos de carência nos seus apps. A definição de um período de carência ajuda a aumentar a retenção. Seus usuários terão três ou sete dias a mais para corrigir problemas de pagamento quando a renovação deles for recusada. Os desenvolvedores que usam períodos de carência têm uma taxa de recuperação 57% maior de renovações recusadas. Esse recurso pode ser configurado no Play Console.
  • Ative as suspensões de conta para evitar o desligamento involuntário. Com esse recurso, os assinantes com problemas de pagamento serão colocados em estado suspenso, e o acesso ao conteúdo será bloqueado até que eles atualizem a forma de pagamento, o que dará aos usuários uma motivação para fazer a atualização. Os desenvolvedores que ativam o período de carência e a suspensão de conta para assinaturas apresentam os melhores resultados. Com o uso desses dois recursos, a probabilidade de retenção de assinatura é 67% maior.
  • Analise os comentários enviados por pessoas que cancelaram assinaturas para identificar e corrigir os motivos do cancelamento.
  • Crie links diretos para encaminhar os usuários à página de gerenciamento de assinaturas na Play Store. Em seguida, ative a restauração de assinaturas no Play Console para que os usuários possam restaurar assinaturas de maneira simples nessa página.
  • Faça a transição de usuários para SKUs diferentes. Caso o usuário tente cancelar a assinatura, ofereça uma opção de troca de plano mudando o SKU.
  • Analise o cancelReason e o horário de cancelamento para correlacionar os cancelamentos com o comportamento dos usuários e tentar evitar que eles ocorram.
  • Adie o faturamento por meio da Google Play Developer API para oferecer serviço gratuito temporário aos usuários existentes. Além de ser um gesto de gentileza, o recurso de adiamento de faturamento ajuda a solucionar interrupções e problemas de serviço.
  • Use o Play Console para avaliar o desempenho. O painel de assinaturas e os relatórios do Play Console fornecem dados e informações sobre o desempenho dos seus negócios e ajudam a orientar suas decisões.

Exemplos