Testar o funcionamento do app em dispositivos mais conhecidos

Uma das razões para mais de um bilhão de usuários amarem o Android é o fato de que, com ele, é possível ter o dispositivo que mais combina com eles, dentre uma enorme variedade de modelos. Isso dificulta um pouco o teste de pré-lançamento em todos os modelos dos dispositivos que estão em alta entre os usuários. Não se esqueça de que os apps testados por completo têm mais chances de receber uma boa avaliação, gerando mais lucros. O Google pode ajudar você com ferramentas de implementação das estratégias de teste mais abrangentes e acessíveis.

O relatório de pré-lançamento no Google Play Console resume os problemas encontrados pelos testes dos seus apps Alfa ou Beta executados nos dispositivos mais usados por meio do Firebase Test Lab para Android. Também é possível usar o Firebase Test Lab para acessar testes altamente configuráveis, funcionalidades adicionais e relatórios mais detalhados para garantir que seu app atenda às expectativas do usuário.

Por que isso funciona

Ao garantir que seus apps ou jogos funcionem nos dispositivos mais usados, você reduz o risco de que problemas significativos sejam descobertos depois do lançamento, o que poderia afetar a avaliação do seu app. Isso também fornece a oportunidade de identificar quaisquer dispositivos que precisam ser excluídos da versão.

Práticas recomendadas

  • Ative o relatório de pré-lançamento no Play Console.
  • Use os diagnósticos de relatório de pré-lançamento para ajudar você a corrigir falhas detectadas nesse tipo de relatório e identificar problemas de layout ou vulnerabilidades de segurança.
  • Teste e otimize seu app em dispositivos físicos e emuladores. Seus usuários terão vários dispositivos, e é importante que você diversifique seus testes.
  • Priorize seus dispositivos de teste. Você não precisa testar em todos os dispositivos disponíveis. Concentre-se nos principais fabricantes e garanta uma diversidade de tamanho de tela, processador e memória do dispositivo.
  • Teste em condições realistas do usuário. Certifique-se de testar seu app em diferentes redes, locais e orientações do dispositivo.
  • Crie um plano de teste significativo. Pense nos caminhos críticos do seu app e confira se eles são verificados sempre que há uma nova versão. Você também pode usar o teste de robô do Firebase Test Lab para Android, um rastreador inteligente que navega seu app automaticamente, relatando falhas e fornecendo capturas de tela para que você possa detectar os erros antes dos usuários.
  • Escreva scripts de teste sempre que possível. Priorize scripts para as funcionalidades principais e partes do seu app não alteradas com frequência.
  • Coloque testes de dispositivos físicos ao seu processo de integração contínuo, preferencialmente interrompendo as versões com falhas críticas no app.
  • Revise os dados recebidos dos testes e veja além da funcionalidade do app. A estabilidade, o desempenho da rede e o atraso para o cliente também são pontos críticos.

Primeiros passos

Firebase Test Lab