API SDK Runtime: guia de integração

Este documento inclui diretrizes para ajudar você a se preparar para a integração do SDK Runtime com base em casos de uso comuns.

Para isso, ele fornece uma visão abrangente do processo de integração, que pode incluir recursos ainda não implementados no estágio atual do Sandbox de privacidade na prévia para desenvolvedores Android. Nesses casos, os detalhes relacionados vão ser marcados como ainda não implementados.

Metas de integração

Nesta fase do Sandbox de privacidade na prévia para desenvolvedores Android, os objetivos do planejamento de integração incluem o seguinte:

  • Verificar a precisão técnica no ambiente de teste
  • Verificar a compatibilidade com a infraestrutura técnica
  • Definir e verificar os requisitos de integração

Atualmente, estes são os casos de uso e recursos com suporte da versão mais recente da prévia para desenvolvedores:

  • Carregamento e exibição de anúncios de banner de maneira remota
  • Gravação/leitura do armazenamento
  • Comunicação bidirecional
  • Anúncios em vídeo independentes

As próximas versões da prévia para desenvolvedores planejam adicionar suporte a mais casos de uso e recursos técnicos. À medida que esses recursos forem disponibilizados, este guia vai ser atualizado para refletir detalhes relevantes.

  • Anúncios nativos
  • Anúncios de tela cheia

Pré-requisitos

Etapas de integração

1. Verificar a precisão técnica no ambiente de teste

  • Crie um aplicativo e um SDK de teste para se acostumar com o Sandbox de privacidade no SDK Runtime do Android. Nesta fase, você também pode começar com o app de exemplo (link em inglês) no GitHub.
  • Instale e execute o SDK e o app em um dispositivo ou emulador e verifique se a WebView carrega o URL fornecido.
  • Renderize um anúncio no app de maneira remota pelo SDK Runtime.
  • Adicione um ponto de interrupção ao código do SDK e se conecte ao processo para garantir que ele seja depurável.

2. Verificar a compatibilidade com a infraestrutura técnica

  • Após a prévia para desenvolvedores, o Sandbox de privacidade no Android vai exigir um nível desejado da API de no mínimo 33. Identifique um caminho de migração para sua base de código atual. Avalie a compatibilidade do app ou do SDK com outras mudanças introduzidas no Android 13.
  • Verifique a compatibilidade do conjunto de ferramentas de desenvolvimento com o app, se aplicável.
  • Refatore sua base de código conforme necessário para reutilizar qualquer lógica comum. Alguns desenvolvedores podem preferir uma única base de código. Se isso se aplica a você, verifique a viabilidade dessa abordagem.

3. Definir e verificar os requisitos de integração

  • Analise a necessidade de acesso a dados da sua solução atual de SDK, o modelo de interação com apps clientes e os componentes do sistema em relação ao design do SDK Runtime.
  • Verifique se o SDK está carregado mostrando um dos tipos de anúncios com suporte do SDK Runtime e confirme se é possível interagir com o anúncio.
  • Se aplicável ao seu caso de uso comercial, verifique se as APIs Topics, FLEDGE ou Attribution Reporting vão ser executadas no processo do SDK Runtime.
  • Confira se o processo do SDK Runtime é depurável fazendo a anexação pelo adb ou pelo Android Studio e percorrendo o código.